Com protestos nas arquibancadas, Coritiba derrota o Goiás

O Coritiba voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série B, jogando no Estádio Couto Pereira, derrotou o Goiás por 1 a 0, na noite desta sexta-feira (9). A partida marcou pelos protestos dos torcedores contra a diretoria durante os 90 minutos. O zagueiro Rafael Lima marcou o gol do triunfo Coxa Branca. Com a vitória, o clube paranaense subiu para a 10ª colocação com 49 pontos, porém, pode perder uma posição ao término da rodada. O Esmeraldino se mantém na 3ª posição com 57 pontos, mas pode cair uma ao final da rodada. Na penúltima rodada, o Alviverde paranaense vai até Campinas (SP), enfrentar a Ponte Preta, na terça-feira (13), às 21h30, no Estádio Moisés Lucarelli. Já o Verdão do Centro-Oeste, volta a jogar fora de casa, em Barueri (SP), contra o Oeste, no sábado (17), às 21h, na Arena Barueri.

Poucas chances para ambas as equipes e protestos nas arquibancadas do Couto Pereira

Com 3 minutos, a primeira chegada da equipe da casa, Chiquinho cobrou escanteio, a defesa afastou para a frente da área, Alecsandro pegou de primeira e a bola desviou para a linha de fundo. Aos 6′, Chiquinho cobrou escanteio, Rafael Lima se livrou da marcação e testou para o gol, a bola passou à direita de Marcos. Dois minutos depois, Geovane cobrou escanteio fechado, Rafael Martins deu um tapa na bola para afastar.

Com 19′, Gedoz recebeu na ponta direita, puxou para o meio e bateu de perna esquerda, Rafael Martins ficou com ela. Um minuto depois, Chiquinho recuperou a bola e acionou Guilherme Parede, que dominou no peito e girou batendo, Marcos encaixou a bola. Aos 22 minutos, Chiquinho recebeu na esquerda e cruzou, Alecsandro subiu, testou e Marcos ficou com ela.

Aos 31′, Matheus Bueno lançou para Alecsandro, que invadiu a área, deu um chapéu no goleiro Marcos e cabeceou para o gol aberto, a bola bateu na trave e foi pela linha de fundo. No lance seguinte, Geovane chutou de longe e Rafael Martins agarrou firme. Com 44 minutos, Felipe Gedoz cobrou falta para dentro da área, David Duarte subiu e cabeceou pela linha de fundo.

Coxa sofre pressão, marca em bola parada e segura a vitória em casa

Logo aos 2 minutos, Michael tocou em profundidade para Alex Silva, que bateu quase sem ângulo, Rafael Martins espalmou. No contra-ataque, Chiquinho recebeu, cortou para o meio e bateu para o gol, a bola passou perto da trave direita de Marcos. Com 7′, Chiquinho cobrou falta para dentro da área, Alecsandro voltando cabeceou para o gol e o arqueiro Esmeraldino espalmou para escanteio.

Aos 16′, Geovane recebeu na intermediária e arriscou, a bola foi à direita de Rafael Martins. Com 22 minutos, Chiquinho cobrou escanteio muito fechado, a bola bateu na rede pelo lado de fora. Um minuto depois, Chiquinho novamente tentou o gol olímpico, só que dessa vez a bola passou por toda a área. Com 27′, Chiquinho cobrou falta para dentro da área, Rafael Lima chegou chapando a bola e ela morreu no cantinho de Marcos, 1 a 0 para o Coxa. Aos 32 minutos, Rafael Lima afastou da área, Madison dominou na entrada da área e bateu firme, a bola foi para fora. Dois minutos depois, Rafinha abriu para o chute e arriscou, Rafael Martins espalmou para o lado.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X GOIÁS

Coritiba: Rafael Martins; Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa e Abner (William Matheus); Vitor Carvalho, Simião (Júlio Rusch), Matheus Bueno e Chiquinho; Guilherme Parede (Pablo) e Alecsandro.
Técnico: Argel Fucks.

Goiás: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos, David Duarte e Ernandes; Gilberto Júnior, Geovane (Renato Cajá) e Felipe Gedoz (Madison); Maranhão (Rafinha), Michael e Lucão.
Técnico: Ney Franco.

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data/ Horário: 09/11/2018, às 21h30
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS).

Público/ Renda: 1.129 pagantes/ 1.235 total/ R$ 16.705,00.
Cartão amarelo: Vitor Carvalho, Abner e Júlio Rusch (Coritiba); Lucão e Madison (Goiás)
Gols: Rafael Lima aos 27′ do 2º tempo (Coritiba).

Foto: Coritiba Foot Ball Club Oficial.

Siga em:
Apucarana Sports e N
Mais dois reforços

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo