Com polêmicas, Imperial e Grecal empatam em 1 a 1 no Paranaense Feminino

Na primeira rodada do 2º turno do Paranaense Feminino, o Grecal e o Imperial empataram pelo placar de 1 a 1. O jogo aconteceu na tarde de sábado (6), no Estádio Monte Bérico, em Curitiba.

A baixo de chuva, o jogo começou morno, com as goleiras praticando boas defesas nos lances de ataque. Aos 15 minutos, o Imperial chegou a balançar as redes com Amanda, mas a árbitra marcou irregularidade no lance. O time visitante abriu o placar no final do primeiro tempo, aos 41′, com Karolym, que encobriu a goleira Juliana.

No segundo tempo, aos 14′, a equipe do Grecal teve um pênalti a seu favor, anotado pela auxiliar um e confirmado pela árbitra. No lance, as jogadoras e a comissão técnica do Imperial reclamaram da marcação. A artilheira Raquel cobrou e empatou a partida. O jogo ficou nervoso, com erros de passe de ambas as equipes.

No minuto 33, a árbitra marcou um recuo de bola contra o Grecal. Nesse momento, com os ânimos já exaltados, o treinador Moser, do Grecal, e o preparador físico Fernando, do Imperial, começaram a discutir. Com a situação controlada, a árbitra, auxiliada pela bandeira, expulsou o técnico Diego, do Imperial. Na súmula, a justificativa foi “fui informada também, que o técnico da equipe do Imperial estava desaprovando com palavras e gestos suas (da assistente) tomadas de decisão”.

A próxima partida de ambas as equipes são na sexta-feira (12). O Imperial recebe, no Estádio Octavio Silvio Nicco, em Curitiba, o Toledo.  O Grecal recebe no Estádio Atílio Gionedis, em Campo Largo, o Foz Cataratas.

Foto: Patricia Zeni / Redação em Campo

Siga em:
Foz Cataratas goleia
Paraná leva goleada

Estudante de jornalismo. Apaixonada por futebol feminino e cultura italiana.

Classifique este artigo