Com mudanças, Londrina encara o Rio Branco, no Café

Após perder a primeira partida em casa do ano, o Londrina já tem outro compromisso frente ao torcedor, neste quarta-feira (30), às 20h, contra o Rio Branco, no Estádio do Café, pela 4ª rodada da Taça Bercímio Sicupira do Campeonato Paranaense. O técnico Alemão deve fazer algumas mudanças na equipe para preservar alguns atletas mais desgastados para a sequência do ano.

Para evitar a lesão de alguns atletas, o treinador do Tubarão, Alemão deve promover algumas mudanças. Apenas um desfalque certo, o atacante Luidy não se recuperou de um edema na coxa e está fora da partida. Com um dos pouco que se salvaram de críticas no último jogo, o atacante Anderson Oliveira está mantido na equipe. Na defesa, Augusto deve começar na vaga de Marcondes.

E no ataque, Wéverton deve dar lugar para Marcelinho, nas outras posições, a princípio nenhum mudança. Para o Alviceleste, o adversário desta quarta (30) trás boas recordações, nos últimos encontros, sempre vitórias do Londrina. Em 2018, o Tubarão superou a adversário por 4 a 1. No ano anterior, em dois jogos no Café, o Londrina venceu por 2 a 0 e 3 a 0 e na partida em Paranaguá (PR), vitória do Tubarão por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA
LONDRINA X RIO BRANCO

Londrina: Alan; Matheuzinho, Augusto, Sílvio e Felipe Vieira; Rômulo, Germano e Marcinho; Marcelinho, Anderson Oliveira e Uelber.
Técnico: Alemão.

Rio Branco: Gustavo Fraga; Alexsandro, Salazar, Erwim e Jackson; Anderson, Paulo Henrique, Lucy e Andrezinho (Gleydson); Válber e Gustavo Índio.
Técnico: Ednélson Silva.

Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Data/ Horário: 30/01/2019, às 20h
Árbitro: David Herick Pinho
Assistentes: Vinícius Leandro Moreira Martins e Paulo Gustavo Rivelini.

Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina EC Oficial.

Siga em:
Buscando espantar a
Toledo e Paraná Clu

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo