Com gol contra, Coritiba perde em Campinas-SP para a Ponte Preta

O Coritiba foi até Campinas (SP) e acabou derrotado na noite desta terça-feira (13) pela Ponte Preta por 2 a 0, no Estádio Moisés Lucarelli, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Leandro Silva, contra fez o primeiro gol do clube paulista e Júnior Santos o segundo tento. Com o triunfo, o Alvinegro subiu para a 2ª colocação com 59 pontos e pode cair no máximo duas posições ao final da rodada. Já a derrota, mantém o Alviverde na 10ª posição com 49 pontos e pode perder até duas posições ao término da rodada. Na última rodada, a Macaca irá até Florianópolis (SC), enfrentar o Avaí, em duelo direto pelo G-4, no Estádio da Ressacada, às 17h, no sábado (24). Já o Coxa Branca, recebe o já campeão Fortaleza, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), no mesmo dia e horário.

Coxa sofre gol cedo, fica com a bola, mas é castigado com o segundo gol

Logo aos 3 minutos, Ruan ficou com a bola na defesa defensiva, percorreu por todo o campo e na linha de fundo adversária, cruzou rasteiro e Leandro Silva, acabou colocando a bola para o fundo das redes do próprio goleiro Rafael Martins. Quatro minutos depois, Lucas Mineiro cruzou para bola para dentro da área, Ruan apareceu no segundo pau e cabeceou, a bola passou por cima da meta do Coxa.

Aos 20′, Júnior Santos recebeu na intermediária e arriscou, a bola passou à direita de Rafael Martins. Com 33 minutos, William Matheus cruzou para dentro da área e Leandro Silva subiu mais que a defesa, testou, mas a bola foi por cima do gol de Ivan. Aos 38 minutos, Matheus Vargas enfiou uma linda bola para Júnior Santos, que entrou em diagonal e bateu para o gol, sem chances para o goleiro do Coxa.

Coxa volta melhor, não se impõe e não consegue a reação

Com 5 minutos do 2º tempo, Chiquinho ganhou vantagem na frente da área, cortou para a perna esquerda e chutou forte, Ivan espalmou para o lado e na sequência, houve falta para o Coritiba. Um minuto depois, na cobrança da falta, Chiquinho rolou para a meia-lua, onde Matheus Bueno dominou e chutou por cima do gol. Com 13 minutos, João Vitor entrou por cima da bola e acertou a canela de Matheus Bueno. O árbitro expulso direto o jogador da Macaca.

Depois da expulsão, a Macaca começou a valorizar a posse de bola, se fechou e evitou as chegadas do Coritiba. A partida também começou a ter muitas faltas, travando as jogadas. Aos 38′, Danilo Barcelos tentou surpreender o goleiro do Coxa, cobrou uma falta lateral direto para o gol e o arqueiro Alviverde mandou para escanteio. Com 46 minutos, a Ponte fez ótima jogada, Hyuri deixou de calcanhar para Roberto, que foi travado por Vitor Carvalho na hora do chute.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 2 X 0 CORITIBA

Ponte Preta: Ivan; Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; João Vitor, Lucas Mineiro e Matheus Vargas (Roberto); André Luís (Hyuri), Júnior Santos e Victor Rangel (Nathan).
Técnico: Gilson Kleina.

Coritiba: Rafael Martins; Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa e William Matheus; Vitor Carvalho, Simião (Guilherme), Matheus Bueno (Jonatas Belusso) e Chiquinho (Nathan); Guilherme Parede e Alecsandro.
Técnico: Argel Fucks.

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data/ Horário: 13/11/2018, às 21h30
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG).

Público/ Renda: 11.684 público total/ R$ 131.560,00.
Cartão amarelo: Nathan (Ponte Preta); Guilherme e Rafael Lima (Coritiba).
Cartão vermelho: João Vitor (Ponte Preta).
Gols: Leandro Silva [contra] aos 3′ do 1º tempo e Júnior Santos aos 38′ do 1º tempo (Ponte Preta).

Foto: Coritiba Foot Ball Club Oficial.

Siga em:
Com bom público no

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo