Com estreias Aspirantes mantêm solidez defensiva, destaque do Atlético-PR no Paranaense

Recheado de estreias, os Aspirantes do Atlético-PR, empataram na noite de ontem contra o Foz do Iguaçu na Arena da Baixada e garantiram a liderança geral neste primeiro turno do Campeonato Paranaense. Os comandados de Tiago Nunes, que já estava classificados para as finais da competição, irão enfrentar o Rio Brando de Paranaguá na semifinal da Taça Dionísio Filho.

Avaliação do treinador

Tiago Nunes, em entrevista coletiva após a última rodada deste primeiro turno, fez sua avaliação do trabalho realizado pelo Atlético-PR até aqui. “O balanço é extremamente positivo pela campanha que fizemos na primeira fase. Quero parabenizar muito aos atletas pelo esforço. Não só nos jogos, mas também no dia a dia de treinos, disse o treinador.

No jogo contra o Foz do Iguaçu, o técnico atleticano promoveu várias mudanças na equipe titular. Tiago Nunes também comentou sobre essas alterações. “Com mudanças, conseguimos manter uma equipe equilibrada. O que mais fico feliz é com a atuação consistente que eles tiveram. Não sentiram de maneira nenhuma por se tratar de um jogo profissional. É muito fácil falar ‘confio no grupo’, mas não coloco para jogar”, afirmou Nunes.

Noite de estreias

Já classificado, e com alguns jogadores do elenco de Aspirantes viajando com a equipe principal para um jogo treino contra o Corinthians, Tiago Nunes pode testar alguns atletas para a continuidade da competição. Foram quatro estreias. O goleiro Caio, o lateral Diego, o zagueiro Daniel e o atacante Vitor Naum, que entrou no segundo tempo. Além deles Pierre e Felipe Dorta começaram pela primeira vez como titulares da equipe.

Os jovens jogadores do setor defensivo do Furacão não sentiram o peso da estreia. Seguros, ajudaram a confirmar o Atlético-PR como melhor defesa do campeonato. Com apenas um gol sofrido, a marca defensiva vem sendo o ponte forte do rubro negro até aqui no estadual.

O goleiro Caio não escondeu a felicidade em defender pela primeira vez a meta atleticana. “Estou muito feliz pela estreia. Estou há sete anos no Clube e era um sonho me profissionalizar no Atlético, jogar neste estádio. Pude ter uma reação muito rápida. O cabeceio foi muito próximo, mas eu estava bem posicionado. Para uma estreia, um jogo com grau de dificuldade alto, eu acho que fui bem. Em um momento importante da partida, fiz uma boa defesa. Temos feito um grande trabalho, mesmo com uma equipe jovem. Isso enaltece o trabalho realizado nas Categorias de Formação, concluiu o atleta rubro negro.

Foto: Fabio Wosniack/ Atlético Paranaense

Siga em:
CE União vence apen
Paranavaí inicia Se

Formado em jornalismo pela Uninter em 2014, com especialização em assessoria e gestão da Comunicação pela Positivo em 2016, repórter do Redação em Campo desde 2017, setorista do Atlético-PR e C.E União.

Classifique este artigo