Com Dagoberto, Londrina apresenta seis reforços para a Série B

Faltando 11 dias para a estreia no Campeonato Brasileiro da Série B, o Londrina apresentou um pacote com seis reforços visando a competição nacional, entre eles o pentacampeão do Campeonato Brasileiro Dagoberto, que chega com a responsabilidade de ser o grande nome do Tubarão para está competição. Além do atacante, chegaram mais um goleiro, um zagueiro, um volante, um meio-campo e outro atacante. A chegada destes atleta visam mesclar experiência, principalmente com atletas que já disputaram a Série B com jovens promessas.

O grande nome desta apresentação é o atacante Dagoberto, hoje com 35 anos, volta ao futebol londrinense e relembra de quando começou, há 20 anos no PSTC e um filme que passa na sua cabeça com essa volta a cidade. “Passa [um filme na cabeça], isso é bem claro, volto muito feliz, conversei com o Sérgio [Malucelli], foi rapidinho e nos entendemos, passou o projeto dele, passou a realidade dele e abracei essa ideia, acho que a cidade está merecendo isso, a equipe está merecendo isso, independe as dificuldades, o que aparecer temos que ser fortes para conquista-las, mas estou muito feliz, estou com 35 anos hoje e creio que tenho ainda algo a oferecer ao futebol e o futebol me deu muita coisa, então tenho que retribuir”, afirmou o novo jogador do Londrina.

O atacante também falou sobre o equilíbrio da competição. “Esse ano acho que está ainda mais equilibrado que todas, no meu ponto de vista, nisso vamos conversando [sobre a sua parte física], o Marquinhos [Santos] é um cara muito inteligente, a gente vai nos entender a cada dia, o Brasil é gigantesco, nós temos que ser inteligentes nisso para estar sempre bem”, enfatizou Dagoberto, que começou no PSTC, tem passagens por Atlético Paranaense, São Paulo, Cruzeiro, Vasco e por último estava nos Estados Unidos.

Com a lesão do goleiro César e com dois jovens com opções, Alan e Guilherme, o Tubarão foi atrás de buscar um arqueiro experiente para a disputa da Série B e conseguiu o empréstimo de Vágner, junto ao Palmeiras para está competição. Com 28 anos e passagens por grandes competições, o goleiro espera por uma boa disputa pela camisa 1 do Londrina. “Acho que isso só soma para o Londrina [disputa pela vaga], ter três atletas aptos para a qualquer momento jogar, vai ser uma briga sadia, uma briga boa, que quem começar jogando vai corresponder a altura e se der brecha, vai demorar um pouquinho para voltar. Temos 11 dias agora, é matar um leão por dia, fazer um algo a mais para chegar no dia da competição e estar todo mundo apto e quem o Marquinhos escolher com certeza vai dar conta do recado”, comentou o goleiro que disputou o Campeonato Paulista deste ano pelo Ituano, equipe que foi campeão estadual em 2014.

O zagueiro Leandro Almeida, algoz do Londrina em 2015, quando jogava pelo Coritiba explanou sua expectativa de vestir a camisa Alviceleste. “A expectativa é muito boa de vestir está camisa, o Londrina vem batendo na trave, ano passado por dois pontos não conseguiu o acesso, estou muito feliz de estar vestindo essa camisa”, falou o novo beque do Tubarão. A torcida ainda está desconfiada com o zagueiro, pois em 2015, marcou um dos gols que eliminou o Londrina na semifinal do Campeonato Paranaense e na comemoração fez um gesto de ceifar a cabeça em direção a torcida do LEC. Sobre isso, Leandro espera apagar está imagem dentro de campo. “Essa pressão vai existir pelo que aconteceu e vou corresponder dentro de campo para pegar essa confiança com a torcida”, enfatizou Leandro Almeida, que como o goleiro Vágner, vem de empréstimo do Palmeiras.

Destaques do Foz do Iguaçu no Campeonato Paranaense, o volante Matheus Olavo e o atacante Luccas Brasil esperam ter sucesso com a nova camisa e repetir o que fizeram no clube da fronteira. Autor de um gol contra o Tubarão, logo na primeira rodada do estadual, Matheus Olavo espera fazer igual no Londrina e brigar por uma posição na equipe titular. “Isso vai no trabalho do dia-a-dia, é uma briga sadia entre nós, Germano e Jardel, vou buscar aprender bastante com eles, que são jogadores mais experientes que eu, o Germano já é um jogador nomeado no futebol, quanto mais qualidade tivermos no elenco, o Londrina só vai se beneficiar com isso”, afirmou Olavo.

Autor de um dribles desconcertante que ficou conhecido no país inteiro, Luccas Brasil espera repetir mais lances desses e brigar por uma vaga tão concorrida do Tubarão. “Vai ser difícil conseguir a titularidade, mas vou sempre estar batalhando inclusive com grandes nomes, trabalhar forte e fazer o meu melhor”, finalizou o atleta.

De volta ao Londrina, clube que defendeu na Série B de 2017, o meio-campo Patrick Vieira sofreu com muitas lesões na temporada passada, agora espera um novo começo com a camisa do Tubarão. “O que mais me fez voltar foi a vontade da diretoria, de membros da comissão que quiseram minha volta, eu fui muito feliz aqui, onde me reencontrei para jogar futebol, apesar de ter sido poucos jogos, mas para quem ficou um ano e meio parado, voltar a sentir o prazer de disputar jogos, viajar, de estar treinando com o grupo, foi de muita importância e estou muito feliz de voltar para cá”, disse o meio-campo que foi campeão da Copa da Primeira Liga com o Londrina.

Possíveis chegadas e saídas 

Na imprensa pernambucana, tem se falado muito do atacante Carlos Henrique que está na mira do Sport, na tarde desta terça-feira (3), o gestor do Londrina, Sérgio Malucelli afastou qualquer chance do camisa 9 deixar o clube. “Eles já me ligaram ontem [pessoas ligadas ao Sport], conversei umas 10 vezes com o Klauss [Câmara, executivo de futebol], mas nós não vamos tirar ninguém a princípio e não queremos tirar ninguém, até porque nosso objetivo é subir”, enfatizou o gestor do Tubarão.

Malucelli também confirmou a chegada de um lateral-esquerdo nos próximos dias para acertar com o Londrina. “A princípio chega mais um lateral-esquerdo, que chega nessa semana ainda, então aí está montado o time para o brasileiro”, finalizou Sérgio Malucelli.

Treino aberto e amistoso

Na tarde desta terça-feira (3), o Londrina fez um treino aberto para o torcedor no Estádio Vitorino Gonçalves Dias. Cerca de 400 torcedores compareceram ao local para conhecer os novos reforços e os jogadores que vão ter o desafio de levar o Tubarão a elite do futebol brasileiro. Para entrosar mais a equipe, o técnico Marquinhos Santos acertou um amistoso contra o Linense para a tarde da próxima sexta-feira (5), ainda sem local e horários confirmados, porém, está atividade deve ser aberta ao torcedor londrinense.

Lembrando que o Londrina estreia na Série B, no Estádio do Café, no sábado (14), às 16h30, contra o Boa Esporte. Além desses reforços, o Tubarão deve contar ainda com o meio-campo Dudu Figueiredo e o atacante Dalberto, que não foram inscritos no Paranaense.

Foto: Jefferson Bachega/ Redação em Campo.

Siga em:
Tricolor tem chegada
Força, Bianca! Quan

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo