18 de August de 2017 2:28:07

Com boa atuação defensiva e efetivo no ataque, Paraná vence Vitória fora de casa pela Copa do Brasil

O Paraná Clube foi até Salvador encarar o Vitória pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil e ficou em boa vantagem. Com um gol em cada final de tempo, o Tricolor venceu por 2 a 0, e está em situação mais confortável para partida de volta, em Curitiba. Com o resultado, o Paraná pode perder por um gol de diferença, caso o Vitória devolva o placar, a decisão será nos pênaltis.

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira (19), às 19h30, no Estádio Durival Britto e Silva, a Vila Capanema.

Paraná segura e faz vantagem

Na tradicional estratégia de um jogo de 180 minutos, o Paraná Clube iniciou a partida na defesa, tentando bloquear o ímpeto ofensivo do time baiano. A tática deu certo na primeira etapa, o Vitória encontrou muitas dificuldades para entrar na área, enquanto que o Tricolor ameaçava em chutes de longa distância.

A primeira finalização foi dos mandantes, aos 15′ Willian Farias chutou de fora da área e mandou por cima do gol. Já no minuto seguinte, Cleiton Xavier escorou a bola para André Lima, que próximo a pequena área cabeceou ao lado da meta. O goleiro Léo fez boa intervenção aos 22′, quando Cleiton Xavier cruzou fechado e quase surpreendeu. O Paraná chutou a gol pela primeira vez aos 24′, com Leandro Vilela que soltou uma bomba, porém pra fora.

O volante Leandro Vilela sentiu uma lesão, e precisou ser substituído por Jhony aos 31′. Já nos acréscimos a partida esquentou e ganhou velocidade. Comandando as principais jogadas do Vitória, Cleiton Xavier cruzou aos 47′, Léo desviou, a bola sobrou para Patric, que de frente para o gol chutou, mas o goleiro se recuperou no lance e fez boa defesa. Aos 48′ o Paraná comemorou. Renatinho cobrou escanteio na medida e Airton desviou para o gol.

Tricolor controla e amplia

Com a vantagem no placar, o Tricolor paranaense voltou mais sólido para etapa final, já o Vitória demonstrava nervosismo em campo. A partida ficou bem truncada e com muitos erros de passes, concentrada no meio-campo, tanto que a primeira  finalização aconteceu somente aos 20′, quando Pineda ganhou da marcação e chutou de bico, a bola passou rente à trave.

Os dois técnicos fizeram todas as substituições ainda antes dos 30′, Wagner Lopes optou por jogadores de velocidade, como Diego Tavares e Guilherme Biteco. Sem sofrer riscos na defesa, o Tricolor ficou ainda mais perto da vaga aos 42′. Diego Tavares chutou cruzado e Guilherme Biteco completou para o gol, enfatizando as boas alterações feitas pelo técnico Wagner Lopes. Já nos acréscimos, Paulinho recebeu cartão vermelho direto e deixou o Vitória com dez em campo.

 

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA-BA 2X0 PARANÁ CLUBE

Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Euller; Willian Farias, Bruno Ramires (Paulinho), Cleiton Xavier (Pineda) e Gabriel Xavier (Jhemerson); David e André Lima.
Técnico: Argel Fucks.

Paraná: Léo; Júnior, Airton, Eduardo Brock e Rayan; Leandro Vilela (Jhony), Gabriel Dias e Renatinho (Guilherme Biteco); Nathan, Pedro Bortoluzo (Diego Tavares) e Robson.
Técnico: Wagner Lopes.

Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador (BA)
Data/Horário: 13/04/2017, às 19h15
Árbitro: Wagner Reway (FIFA-MT)
Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)

Cartões amarelos: Rayan e Guilherme Biteco (Paraná)
Cartão vermelho: Paulinho (Vitória)
Gols: Airton aos 48′ do 1º tempo e Guilherme Biteco aos 42′ do 2º tempo para o Paraná

Foto: Richard Benvenutti/Redação em Campo.

Siga em:
Londrina apresenta d
Vitória contra Irat

Formado em Jornalismo e Letras, estou no Redação em Campo desde 2013 e atualmente exerço a função de Coordenador de Jornalismo. Também sou professor de Língua Portuguesa.

Classifique este artigo