18 de October de 2017 3:49:14

Com 3º pior público no ano, Atlético-PR apenas empata em casa com Atlético-GO

Na noite desta quarta feira (11) o Atlético-PR enfrentou, na Arena da Baixada com seu terceiro pior público no ano, o Atlético-GO em partida válida pela 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro e empatou em 2 a 2. Após derrota para Santos e Atlético -MG, o Furacão do técnico Fabiano Soares, precisava somar pontos para não de distanciar do grupo que brigará um lugar na próxima Libertadores. Pavez que não participou do jogo entre Brasil e Chile começou a partida entre os titulares.

Após perder penalidade com Felipe Gedoz, sair atrás no placar, Atlético-PR virou com gols de Guilherme e Lucho, mas cedeu o empate, com direito a gol do ex-jogador do clube Walter, o Atlético-PR chegou aos 35 pontos na competição, e pode ficar mais distante do G7 com o complemento da rodada.

Susto na Arena

O jogo começou com pleno domínio do Atlético-PR, fazendo a bola roda e com passes curtos, Gedoz e Jonathan infernizaram o lado esquerdo da defesa do Atlético-GO. A primeira chance do Furacão foi aos três minutos com a bola robada de Guilherme que toca para Ribamar que chutou fraco facilitando a defesa do goleiro Marcos. Dois minutos depois novamente o centroavante obrigou o goleiro do Dragão a fazer uma nova defesa.

A primeira chegada do Dragão foi em uma jogada pelo lado esquerdo mas na conclusão o chute de Luiz Fernando sai pela linha lateral no outro lado do gramado. Aos 22 minutos da etapa inicial árbitro da partida marcou pênalti para o Atlético-PR, na cobrança Marcos acerta canto da cobrança de Felipe Gedoz e salva novamente o time goiano.

A penalidade desperdiçada fez o Furacão cair de rendimento, as boas jogadas curtas deram lugar a jogadas aéreas, e aos 25 minutos o meia campista Luis Fernando recebeu bola na área e solta uma bomba, sem chances para o goleiro Weverton. A virada do Furacão começou aos 32 minutos, novamente com um lance polêmico, na cabeçada de Guilherme o árbitro de linha de fundo confirma que o goleiro Marcos tirou de dentro do gol. E aos 41, Felipe Gedoz cobra na segunda trave, e Lucho aproveita vacilo da defesa goiana para cabecear pro fundo da rede.

Atlético-PR erra muito e cede empate

A etapa final da partida começou morna sem muitas chances de gols para as duas equipes, precisando de um bom resultado o time goiano tentou chegar ao gol de Weverton, mas sem efetividade, enquanto isso o Atlético-PR tentava sair em contra ataque para ampliar a vantagem.

Com uma maior movimentação do Atlético-GO, o treinador do Furacão promoveu a entrada de Eduardo Henrique no lugar de Lucho, que já estava com cartão amarelo. Na sua primeira jogada o volante errou passe e foi duramente criticado pela torcida. Na sequencia Sidcley substituiu Felipe Gedoz, que caiu de produção no decorrer da partida. O Atlético-PR apresentou muito erros de passe e finalizações de jogada.

Com mais chances o Atlético-GO chegou ao empate aos 37 minutos com Walter, que aproveitou passe dentro da área para desviar. O atacante goiano não comemorou seu gol e a torcida do Furacão gritou seu nome e time é muito vaiado pelos pouco mais de 7500 torcedores que compareceram na Arena da Baixada.

Com o empate o Atlético-PR chega aos 35 pontos  e pode perder a 8º posição na tabela, e ainda ver a diferença para o Flamengo, 7º colocado, aumentar ainda mais pois o rival jogará amanhã contra a equipe do Fluminense. Na próxima rodada o Furacão enfrentará no sábado (14) o São Paulo fora de casa, o tricolor do Morumbi ainda está na luta para fugir do rebaixamento. Já o Dragão, segue na lanterna da competição com 25 pontos e receberá  domingo (15) o Palmeiras em Goiânia.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 2×2 ATLÉTICO-GO

Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Fabrício; Esteban Pavez, Lucho González (Eduardo Henrique); Guilherme, Felipe Gedoz (Sidcley) e Nikão; Ribamar (Éderson).
Técnico: Fabiano Soares.

Atlético-GO: Marcos; Jonathan, William Alves, Gilvan e Bruno Pacheco; Ronaldo (André Castro), Paulinho (Diego Rosa), Luiz Fernando, Jorginho e Niltinho (Bruno Lopes); Walter.
Técnico: João Paulo Sanches.

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/Horário: 11/10/2017, às 19h30
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

Público|Renda: 7.537 (total)| R$ 90.257,50
Cartão Amarelo: Fabricio, Lucho e Wanderson (Atlético-PR); Jorginho e Luiz Fernando (Atlético-GO)
Gols: Guilherme aos 32′ do 1º tempo, Lucho aos 41′ do 1º tempo para o Atlético-PR; Luis Fernando aos 25′ do 1º tempo e Walter aos 37′ do 2º tempo para o Atlético-GO.

Foto: Leonardo Akira/ Redação em Campo

Siga em:
Paranaense Sub-17 se
Coritiba sofre nova

Jornalista, aficionado por esportes, encontrei na profissão um meio de estar mais próximo deste universo.

Classifique este artigo