Com 1º turno abaixo e término na zona de rebaixamento, Londrina busca corrigir erros

Com um desempenho muito abaixo do esperado, o 1º turno do Campeonato Brasileiro da Série B do Londrina foi muito ruim perto da expectativa criada no início da competição. Mudanças de técnicos, cada partida com uma equipe diferente, o Estádio do Café novamente servindo para a festa dos adversários, torcida insatisfeita com o Tubarão e isso sendo refletido nos públicos em casa, muitos reforços e término da primeira parte da Série B dentro da zona de rebaixamento, alguns dos fatores que determinaram as 19 primeiras rodadas para o Alviceleste.

Tendo atletas mais experientes na competição, o Londrina entrou na Série B para confirmar as tentativas que ficaram no quase nos anos anteriores. Infelizmente dentro e fora de campo, isso não foi comprovado, com apenas 21 pontos em 19 jogos, o Tubarão encerrou o 1º turno dentro da zona de rebaixamento.

Dois técnicos, visões diferentes e 19 times diferentes em campo

Mesmo já tendo trocado de um treinador na temporada, o Londrina iniciou a Série B com Marquinhos Santos, que ficou até a 12ª rodada, quando trocou o Tubarão pelo São Bento. Para seu lugar, chegou Sérgio Soares, que só ficou sete rodadas e fechou o primeiro turno do Alviceleste. Soares não está mais no cargo e Roberto Fonseca terá o segundo turno para mudar a história do clube paranaense na competição.

Com Marquinhos, o Tubarão fez 15 pontos e teve um aproveitamento de 41,6% dos pontos disputados. Em casa, o Tubarão conquistou sete pontos e fora oito pontos. Fez 10 gols e sofreu 14 tentos, além de ter a média de público em 1.720 pagantes em seis partidas. Naquele momento, o LEC era 13º colocado e tinha três pontos de vantagem para a zona de rebaixamento. Com a saída de Marquinhos, os números do Alviceleste só pioraram.

Com a chegada de Sérgio Soares, o Tubarão fez apenas seis pontos em sete partidas e teve aproveitamento de 28,5%. No Estádio do Café, o Londrina conquistou quatro pontos e longe de seus domínios, fez dois pontos. Neste período, balançou as redes adversárias em nove vezes e Vagner buscou a bola no fundo das redes em nove oportunidades. A média de público foi de 861 torcedores em quatro partidas realizadas em Londrina. O Tubarão despencou para a 17ª colocação, a primeira dentro da zona de rebaixamento e Soares caiu.

Roberto Fonseca é o terceiro técnico do Londrina só nesta Série B. Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina EC Oficial.

Muitos jogadores e consequentemente, muitas escalações diferentes

O goleiro Vagner foi o único atleta que participou de todas as partidas entrando como titular. O Londrina sofreu com muitas suspensões e lesões, fazendo os treinadores mexerem constantemente nas escalações. Resultado disso, em 19 jogos na Série B, 19 escalações diferentes.

Ao todo, o Tubarão utilizou 36 atletas nesta Série B em 19 partidas, sendo que desses atletas, 10 já não fazem mais parte do elenco. O artilheiro da equipe na competição é Dagoberto com cinco gols em cinco partidas. Após ele, Safira com três gols em 14 jogos e Felipe Marques com dois tentos em 12 compromissos.

Dagoberto é o artilheiro do Tubarão nesta Série B, em cinco jogos, cinco gols. Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina Esporte Clube

Dispensa anunciada pelo gestor

No início da noite desta terça-feira (7), o Londrina anunciou que rescindiu o contrato de quatro jogadores, dispensa já anunciada pelo gestor do clube, Sérgio Malucelli, na apresentação do técnico Roberto Fonseca. Os quatro dispensados foram: O zagueiro Vinícius Del’Amore, que pertence ao Corinthians e estava por empréstimo ao clube, não chegou a entrar em nenhuma partida na Série B. Outro zagueiro foi Leandro Almeida, que estava por empréstimo vindo do Palmeiras, fez seis partidas na competição nacional.

O volante Júlio Pacato também está na lista, o atleta não atuou nesta Série B. E o meio-campo Patrick Vieira, que disputou sete jogos na Segunda Divisão nacional e marcou um gol, na vitória sobre a Ponte Preta, na 3ª rodada da competição.

Na próxima sexta-feira (10), o Tubarão irá até Varginha (MG), enfrentar o Boa Esporte, pela 20ª rodada da Série B, no Estádio Dilzon Melo, às 20h30. Será a estreia de Roberto Fonseca que já não contará com o zagueiro Lucas Costa suspenso e terá a volta do atacante Paulinho Moccelin.

Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina EC Oficial.

Siga em:
Paraná Clube é lan
Atlético-PR atropel

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo