15 de December de 2017 3:37:15

Com 100% de aproveitamento, Londrina bate o Paraná Clube na Primeira Liga

No Estádio do Café, em Londrina (PR), o Tubarão recebeu o Paraná Clube nesta terça-feira (21), em jogo válido pelo Grupo D da Primeira Liga e garantiu, e com a vitória de 2 a 1, garantiu a passagem para a próxima fase. Depois de abrir vantagem de gols com Paulo Rangel, os donos da casa sofreram um gol marcado por Jonas Pessalli, porém, não foi suficiente para tirar do LEC os 100% de aproveitamento no torneio.

O Alviceleste já havia feito outras duas partidas pela competição, vencendo Figueirense e Avaí, respectivamente, por 1 a 0. Já o Tricolor contabilizava apenas uma partida, quando venceu o Avaí por 2 a 0. Agora o time da capital pega o Figueirense, no dia 02 de março, antes de decretar seu destino na competição.

Com a vitória, além de embolsar R$ R$ 200 mil por ter se classificado, o Tubarão garante que jogará em casa em seu próximo compromisso pela Copa Primeira Liga. Nas quartas de final, os primeiros colocados de cada grupo contam com a vantagem de jogarem em casa e enfrentam os segundos colocados de outros grupos. Os confrontos ainda serão decididos por sorteio.

Já para o Tricolor, o caminho para prosseguir no campeonato passa pela equipe do Figueirense. Se ganhar garante a segunda colocação no grupo, já se empatar precisa esperar o resultado do clássico catarinense entre Figueirense e Avaí. O próximo jogo do Tricolor é no sábado, pela Copa do Brasil, contra o Bahia e foi esse compromisso pela competição nacional fez com que o técnico Wagner Lopes optasse por um time alternativo contra o Tubarão.

Goleiro Marcos falha e Paulo Rangel não perdoa

O início do jogo foi concentrado no meio de campo, sem espaços para criações de jogadas perigosas pra ambos os lados. Porém, depois de vinte minutos, as equipes adotaram outra postura. O Londrina chegava com toque de bola, movimentando bastante suas laterais, já o Paraná aproveitava os contra-ataques para tentar o gol. O jogo afobado do time da capital, ineficiente quando tinha tinha oportunidades de finalizações, fez com que o Tubarão conseguisse espaço para criar jogadas eficientes.

Com 31 minutos, Celsinho tentou marcar de letra, o goleiro Marcos rebateu e na área Paulo Rangel de cabeça abriu o placar no Café. Quatro minutos depois, Bruno Cantanhede teve chance de empatar o jogo ao receber uma bola longa do meio de campo, ele chutou forte, mas o goleiro Alan fechou bem o lado direito de seu gol com o corpo. Aos 38 minutos, Paulo Rangel sofreu falta e o Londrina teve chance de ampliar, mas Celsinho bateu mal, em cima da barreira.

Faltando cinco minutos para fim da primeira etapa, França chegou com pé alto em cima de Betancourt, o que gerou discussão entre os jogadores, mas o árbitro preferiu mandar o jogo seguir. O Londrina seguiu atacando, tentando ampliar o placar. Aos 45 minutos, Rafael Gava cobrou escanteio, Marcos saiu mal e Paulo Rangel faz mais um, o segundo do Tubarão no jogo.

Jonas Pessalli desconta para o Tricolor

O Paraná voltou determinado a buscar a diferença no placar e começou ofensivo. Aos 12 minutos, Bruno Cantanhede é derrubado na área pelo zagueiro do Tubarão e o árbitro Francisco de Paula Santos Silva Neto marcou pênalti para os visitante. Jonas Pessalli cobrou para o lado direito, Alan vai do canto certo, mas não conseguiu pegar.

Empolgado pelo gol, o time paranista se mostrou mais ofensivo e com 15 minutos Bruno Cantanhede, de cabeça, teve a chance de empatar o jogo. O goleiro do Tubarão tirou com as pontas dos dedos. Aos 26 minutos outra chance clara de gol para o time paranista, Cantanhede chutou rasteiro e acertou a trave. O time visitante tentava a todo custo o empate, mas parava na zaga dos donos da casa e no goleiro Alan.

Já nos acréscimos, aos 46 o Londrina cobrou falta, mas Celsinho bateu mal. O Londrina segurou o placar e garantiu a primeira posição no Liga.

FICHA TÉCNICA
LONDRINA 2 X 1 PARANÁ CLUBE

Londrina: Alan; Igor Bosel, Luizão, Ícaro e Ayrton; França, Celsinho, Rafael Gava (Bidia) e Fabinho (Marcinho); Safira e Paulo Rangel (Euller).
Técnico: Claudio Tencati.

Paraná: Marcos; Júnior, Rayan, Artur e Kaike; Jhony, Zezinho, Guilherme Biteco ( Felipe Alves) e Jonas Pessalli (Renatinho); Ruben Bentancourt (Italo) e Bruno Cantanhede.
Técnico: Wagner Lopes.

Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Data/Horário: 21/02/2017, às 19h15
Árbitro: Francisco de Paula Santos Silva Neto (RS)
Assistentes: Pedro Martinelli Christino (PR) e Weber Felipe Silva (PR)

Público|Renda: 1.894 pagantes | 2.242 total | R$ 30.892,00
Cartões Amarelos: Luizão, Safira e Alan (Londrina); Jonas Pessalli (Paraná).
Gols: Paulo Rangel, aos 31’ e 45’ do 1º tempo para o Londrina; Jonas Pessalli, aos 13’ do 2º tempo para o Paraná Clube.

Siga em:
Gersinho projeta Ope
Classifique este artigo