Clubes paranaenses ainda buscam o equilíbrio no Campeonato Brasileiro

Paraná Clube

Após sete rodadas pela Série A e C, oito rodadas disputadas pelos paranaenses na Série B e o fim da primeira fase da Série D, dos oito clubes paranaenses que disputavam as competições, agora restam seis equipes, Prudentópolis e Cianorte foram eliminados da Quarta Divisão do futebol nacional. Apesar do bom posicionamento de Operário e Coritiba e da classificação do Maringá FC, os clubes do Estado ainda estão buscando um equilíbrio nas competições.

Após um início de encher os olhos, o Atlético Paranaense está a seis jogos sem vencer na Série A, perdeu partidas dentro de casa e o futebol apresentado já não é o que o torcedor imaginava. O toque de bola característico dos times do Fernando Diniz, que antes envolvia o adversário, hoje irrita a torcida, que espera um futebol mais objetivo. Com a série de resultados ruins, o Furacão está dentro da zona de rebaixamento. O Paraná Clube não conseguiu sair da última colocação da Série A nessas sete rodadas, com uma postura mais defensiva nos últimos jogos, o Tricolor vê o time buscar equilibrar forças com clubes de investimento muito maiores, porém, ainda pecando e muito no quesito de finalizações. Dentro da Série B, após o confronto entre os dois clubes paranaenses abrindo a 8ª rodada, o Coritiba se mostra um forte adversário atuando no Couto Pereira, garantindo até o momento 100% de aproveitamento dos pontos, mas não conseguindo vencer longe de casa, isso faz a equipe se manter dentro ou perto do G-4, porém sem conseguir abrir vantagem naquela posição. O Londrina teve um começo bom, o melhor desde que voltou a Série B, mas oscilou demais em rodadas seguintes e viu de perto a zona de rebaixamento. A vitória contra o Coxa pode e deve dar o ânimo extra para o Tubarão voltar a brigar pelas primeiras posições.

Na Série C, o Operário tem tido o melhor aproveitamento entre os paranaenses, com a segunda colocação no Grupo B, com a mesma pontuação do líder, o Fantasma mostra força, ainda mais agora, sem competição simultânea para disputar, pensando somente na Terceira Divisão nacional. Na Série D, com o fim da fase de grupos, apenas o Maringá FC avançou de fase. O clube maringaense se mostrou ser forte em casa, onde conseguiu as suas duas vitórias, mas longe da Cidade Canção, o clube não venceu e na Série D, isso pesa muito. Na segunda fase, vai enfrentar o Caxias (RS), clube que alcançou a segunda melhor campanha de toda a Série D, o clube gaúcho venceu todos os jogos fora de casa. Para seguir na competição, vencer em Maringá será fundamental, se possível com diferença de gols. Prudentópolis e Cianorte já se despediram da Série D. Para o Prude, foi um boa campanha visto o que aconteceu no Campeonato Paranaense, brigou até a última rodada pela classificação, mas com um elenco limitado, não conseguiu avançar. Já o Cianorte, ficou a decepção em todo o ano, não acompanhou o investimento feito no estadual e na Série D, sucumbiu em um grupo que ele poderia avançar de fase.

Na Série A, o Paraná Clube entra em campo nesta quarta-feira (30), contra o desesperado Vasco da Gama, no Rio de Janeiro, buscar aproveitar o mau momento do adversário pode fazer o Tricolor garantir a primeira vitória na competição. O Furacão recebe o Santos na Arena da Baixada, em outra oportunidade diante da torcida para espantar os maus resultados, contra um clube que não vive um bom momento. Pela Série B, como se enfrentaram na última terça-feira (29), Coxa e Tubarão só voltam a campo na próxima terça-feira (5). O Coritiba recebe o CRB, no Couto Pereira e o Londrina viaja até Florianópolis (SC), onde encara o Figueirense. No sábado (2), o Fantasma enfrenta o Bragantino, em Bragança Paulista para buscar a liderança do grupo. Pela Série D, o Maringá FC recebe o Caxias no primeiro confronto do mata-mata da segunda fase, neste domingo (3).

Foto: Robson Vilela/ Redação em Campo

Siga em:
Em jogo movimentado,
Com 10 para os dois

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo