17 de December de 2017 11:01:22

Bacellar assume responsabilidade pela queda do Coritiba

O presidente do Coritiba, Rogério Portugal Bacellar, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (5) para falar sobre a queda do time para a Série B do Campeonato Brasileiro. Na entrevista, o mandatário assumiu a responsabilidade pelo rebaixamento. Além de Bacellar, estiveram presentes os vices Alceni Guerra e José Fernando Macedo.

“Primeiramente, quero agradecer vocês por terem vindo aqui. Eu e o G-5, com certeza, estamos muito tristes. Assumo total responsabilidade pela queda. Mas tentamos, não deu certo, infelizmente. Agora, é o Coritiba renascer de novo para voltar à primeira divisão em 2019”.

Bacellar ainda criticou a “teimosia” de alguns treinadores do time. “Presidente não escala o time, não faz a invenção que alguns treinadores fizeram, não bate pênalti e não defende a bola. Você acredita nos atletas e no treinador, mas só acreditar não adianta. Tive várias conversas com Marcelo (Oliveira), assim como tive com Carpegiani e Pachequinho. Existe muita teimosia do treinador. Temos atletas que poderiam ser trabalhados melhor, mas que, infelizmente, não foram,” declarou.

O mandato de Bacellar se encerra no sábado (9), quando serão realizadas novas eleições para o triênio 2018-2020. Os sócios aptos a votar poderão escolher entre Samir Namur (Coritiba do Futuro), Pedro de Castro (Novo Coritiba) e João Carlos Vialle (Sangue Verde).

O presidente ainda destacou que a parte de futebol não funcionou em sua gestão, muito pela falta de orçamento, mas ressaltou seu trabalho no âmbito administrativo. “Hoje, as categorias estão integradas. Quando peguei, treinador ou médico de uma categoria não conversava com o outro. Era muito difícil administrar um clube assim. Como o Vilson falava, existiam vários esqueletos dentro do armário. Hoje, quem pegar não vai encontrar esqueleto no armário. Estamos com salários em dia, Profut em dia. Tem algumas coisas que você tem que ir levando, porque o que o Coritiba arrecada e não dá para pagar tudo”, salientou Bacellar.

O elenco alviverde já está de férias, e negociações, renovações e toda a parte com relação a futebol só começará a ser discutida após a eleição, já que o atual presidente não concorre a reeleição.

Foto: Coritiba FC Oficial.

Siga em:
Com boa estreia em j
Arbitral define regu

<p>Estudante de Jornalismo. Amante do esporte, principalmente do futebol, nacional e internacional. Torcedor do Barcelona, Borussia Dortmund, Chelsea e Milan. Futebol é mais do que apenas um esporte!</p>

Classifique este artigo