Atlético pressiona e Zé Ivaldo faz o gol do título da Taça Caio Júnior contra o Londrina

O Atlético Paranaense venceu o Londrina na noite desta quarta-feira (28), na Arena da Baixada, por 1 a 0, na final da Taça Caio Júnior do Campeonato Paranaense. O zagueiro Zé Ivaldo fez o gol que valeu o título. Agora o Furacão fará mais duas partidas válidas pela final do Campeonato Paranaense contra o Coritiba, sendo a primeira partida neste domingo (1º), no Estádio Couto Pereira e no outro domingo (8), na Arena da Baixada. Já o Tubarão, só voltará a campo pelo Campeonato Brasileiro da Série B, no sábado (14), contra o Boa Esporte, no Estádio do Café, às 16h30.

Atlético domina, carimba o travessão, mas o placar continuou zerado

A primeira chegada da partida foi do Furacão, aos 5 minutos, Marcinho recebeu, passou pela marcação e bateu forte para o gol, Alan espalmou afastando a bola de dentro da área. Com 18′, depois de cruzamento, Ederson desviou e Alan ficou com a bola. Aos 21 minutos, Diego desceu pela direita e cruzou na cabeça de Ederson, ele subiu sozinho e cabeceou para fora, mas o árbitro assistente já marcava impedimento.

Com 28 minutos, após a bola atravessar a área do Londrina, Renan Lodi jogou o bola novamente para dentro da área, Deivid chegou testando a bola, ela passou com muito perigo ao gol de Alan. Dois minutos depois, nova bola alçada para dentro da área, Léo Pereira subiu e cabeceou, Alan desviou a bola e ela tocou o travessão e foi para escanteio.

Furacão pressiona, Zé Ivaldo marca e Léo Pereira salva em cima da linha

O Atlético teve a primeira boa chegada da segunda etapa, logo aos 3 minutos, bola trabalhada da direita para o lado direito, o lateral Renan Lodi chegou batendo forte na rede pelo lado de fora. Dois minutos depois, o Tubarão armou contra-ataque, Romisson acionou Carlos Henrique, que dominou mal e a bola escapou dele, ficando com o goleiro Caio. No lance seguinte, Marcinho infiltrou bem e na hora do chute, Lorenzi travou, salvando o Londrina.

Com 15 minutos, João Pedro cobrou falta no bico da grande área, a bola passou por toda a extensão da área e Zé Ivaldo apareceu no segundo pau, testando firme para o fundo das redes de Alan, 1 a 0 para o Furacão. Cinco minutos depois, João Pedro puxou contra-ataque pelo lado direito, ajeitou para Ederson, que fez a parede e rolou para Matheus Anjos, que bateu para o gol e a bola tirou tinta da trave de Alan.

Aos 35′, Roberto armou contra-ataque e acionou Caíque, que bateu e foi travado na hora do chute e a bola saiu para escanteio. Três minutos depois, em bate-rebate dentro da área do Furacão, Marcelinho cabeceou a bola, ela não pegou força e Caio ficou com ela. No lance seguinte, o zagueiro falhou, Wesley ganhou na corrida e rolou para Caíque, que sem goleiro, bateu para o gol, Léo Pereira em cima da linha, salvou o Atlético.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO PARANAENSE 1X0 LONDRINA

Atlético Paranaense: Caio; Diego (Cascardo), Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Deivid, Matheus Anjos (Alex Sandro), Bruno Guimarães e João Pedro; Marcinho (Yago) e Ederson.
Técnico: Tiago Nunes.

Londrina: Alan; Lucas Ramon, Luizão, Lucas Costa e Roberto; Moisés, Lorenzi (Caíque), Romisson e Thiago Primão (Rodrigo Figueiredo); Wesley e Carlos Henrique (Marcelinho).
Técnico: Marquinhos Santos.

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/ Horário: 28/03/2018, às 20h
Árbitro: Sandro Meira Ricci (FIFA-PR)
Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e André Luiz Severo (PR).

Público/ Renda: 13.257 total/ R$ 320.225,00.
Cartões amarelo: Diego, Bruno Guimarães e Deivid (Atlético Paranaense); Lorenzi e Luizão (Londrina)
Gols: Zé Ivaldo aos 15′ do 2º tempo (Atlético Paranaense); (Londrina).

Foto: Miguel Locatelli/ Atlético Paranaense Oficial.

Siga em:
Em ano de Série D,
Foz Cataratas Coriti

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo