Atlético-PR vira contra o Botafogo na Arena da Baixada

O Atlético-PR entrou em campo na noite deste sábado (27) em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O adversário foi a equipe do Botafogo e o resultado na Arena da Baixada foi de vitória atleticana de virada pelo placar de 2 a 1.

Com o resultado, o Atlético segue na oitava posição com 43 pontos. O Botafogo, com 35 pontos, cai uma posição, indo para a 14ª colocação.

O Furacão volta a campo na próxima quarta-feira (31) pelas quartas de final da Sul-Americana enfrentando o Bahia. Pela Série A, o Atlético joga no domingo (4) às 19h contra o Internacional no Beira-Rio. Já o Botafogo, joga contra o Corinthians, também no domingo (4), às 17h, no Engenhão.

Atlético-PR tem a iniciativa, Botafogo abre o marcador de pênalti

Nos minutos iniciais, o Furacão tomou a iniciativa e foi para o jogo. Com a movimentação, aos 5 minutos, quase o gol, após cobrança de escanteio fechado, houve o desvio e a defesa afastou o perigo. Apesar do domínio, o Botafogo tinha alguns espaços e chegou com perigo aos 7 minutos. Valenciano cobrou escanteio e Marcelo Benevenuto apareceu livre para o cabeceio, o goleiro Felipe Alves salvou, espalmando. No minuto seguinte, outro cruzamento e Brenner acabou mandando por sobre o gol de Felipe Alves.

O Atlético-PR voltou com perigo aos 13 minutos. Guilherme mandou pra Diego Ferreira que tocou para Bruno Guimarães, o volante tentou o chute cruzado, e o arqueiro Saulo defendeu.

O jogo seguia bom e o Rubro-negro teve mais uma tentativa aos 24 minutos. Bruno Guimarães arriscou o chute de fora da área, o goleiro Saulo jogou para escanteio.

Aos 29’, Gilson, numa roubada de bola, foi para área e acabou derrubado por Bruno Guimarães. Pênalti marcado e com muita reclamação por partes do atleticanos. Brenner foi para a cobrança e converteu mandando no canto direito baixo de Felipe Alves. Atlético-PR 0 x 1 Botafogo.

Mesmo atrás no marcador, o Furacão tentava criar e aos 38’ Bergson fez a tabela com Rony e chutou, a bola acabou passando à esquerda da meta de Saulo. Aos 42’ outra tentativa do ataque atleticano, Rony toca para Diego Ferreira, mas o lateral não conseguiu aproveitar para cruzar para área e mandou pra fora.

O Botafogo respondeu aos 42’ em contra-ataque, Brenner tocou para Luiz Fernando que chutou e o goleiro Felipe Alves praticou a defesa. Nos instantes finais, a pressão foi do Atlético, mas a vitória parcial ficou com os visitantes.

Atlético-PR pressiona e consegue a virada

As equipes voltaram sem alterações e o Atlético-PR seguiu com a mesma postura do final do primeiro tempo. O Furacão pressionava. Aos 4’, depois da cobrança escanteio, a bola sobrou para Rony que tentou de bicicleta! Seguindo no ataque, o empate veio aos 10 minutos. Guilherme mandou a a bola para a área, a zaga do Botafogo tentou cortar, mas a bola ficou com Bergson que não desperdiçou e mandou para o fundo do gol. 1 a 1.

Aos 19 minutos, falta perigosa para o Atlético-PR. Nikão cobrou, mas a bola acabou passando por cima do gol de Saulo. A pressão era total da equipe rubro-negra enquanto o Botafogo se mantinha na defesa.

O gol da virada veio aos 38 minutos. Pablo, que havia acabado de entrar, recebeu de Nikão na área, ele girou e mandou o chute rasteiro para o fundo o gol. 2 a 1.

Aos 42 minutos quase o terceiro do Rubro-negro. Cruzamento de Rony, Nikão fez o desvio e o goleiro Saulo conseguiu salvar.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 2 X 1 BOTAFOGO

Atlético-PR: Felipe Alves; Diego Ferreira, Wanderson, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Camacho (Matheus Rossetto), Bruno Guimarães e Guilherme; Rony, Marcinho (Nikão) e Bergson (Pablo).
Técnico: Tiago Nunes.

Botafogo: Saulo; Marcelo Benevenuto, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes (Gustavo Bochecha) e Léo Valencia; Luiz Fernando, Erik (Renatinho) e Brenner (Aguirre).
Técnico: Zé Ricardo.

Local: Estádio Joaquim Américo Guimarães (Arena da Baixada), em Curitiba (PR)
Data/Horário: 27/10/2018, às 21h
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP).

Público/Renda: 8. 186 pessoas/ R$ 132.970,00
Cartões Amarelos: Guilherme, Bergson, Márcio Azevedo (Atlético-PR). Saulo, Marcelo Benevenuto, Joel Carli (Botafogo).
Gol: Bergson aos 10’ do 2º tempo, Pablo aos 38’ do 2º tempo para o Atlético-PR. Brenner, de pênalti, aos 29’ do 1º tempo para o Botafogo.

Foto: Robson Vilela/Redação em Campo

Siga em:
Contra Cruzeiro, Par
Líder do returno, L

O Redação em Campo é um portal de notícias voltado aos assuntos do futebol paranaense. É produzido por jornalistas, estudantes e profissionais da área de comunicação. Porque o Futebol Paranaense é a nossa paixão!

Classifique este artigo