Atlético-PR bate Corinthians por 1 a 0 e segue brigando por G-6 no Brasileiro

O Atlético-PR continua na briga por uma vaga na Libertadores pelo Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o Furacão venceu o Corinthians por 1 a 0 e conseguiu manter a diferença de três pontos para o Atlético-MG – o primeiro time na zona de classificação para o torneio continental. O gol do Furacão, que permanece na sétima colocação do Brasileirão, foi marcado pelo zagueiro Léo Pereira, após cobrança de escanteio.

Na próxima rodada, o Atlético tem novo compromisso na Arena da Baixada. O adversário da vez será o Ceará, e a partida está prevista para o domingo (25).

Atlético cresce no fim do primeiro tempo, mas placar permanece inalterado

O Furacão tinha consciência de sua missão: vencer para não deixar o Atlético-MG se distanciar na classificação. Mesmo assim, a partida começou com sustos para o Rubro-Negro. Logo no primeiro minuto, o Corinthians teve grande chance em escanteio. Jadson cobrou na primeira trave, Danilo desviou de cabeça e Ralf, um pouco atrasado na jogada, completou para fora.

O Furacão tentou assumir o controle da partida nos minutos seguintes, mas atacava com pouco perigo. O Corinthians, mesmo sem tanta iniciativa, voltou a levar perigo. Aos 12 minutos, Pedrinho tabelou com Jadson e Mateus Vital e recebeu com liberdade na intermediária. O atacante do time paulista bateu com consciência, no canto, mas Santos estava bem colocado e conseguiu encaixar.

A primeira boa chance do Atlético foi apenas aos 22 minutos. Depois de uma transição rápida, Renan Lodi avançou pela esquerda e tentou um cruzamento rasteiro para Rony. O atacante até se atirou na direção da bola, mas não conseguiu alcançar.

Com pouca criatividade, o Rubro-Negro passou a apostar na bola parada. Aos 30 minutos, Pablo cobrou falta com força na direção do gol, mas a chance parou em soco de Cássio. O Furacão seguiu no ataque, mas só conseguiu encaixar outra oportunidade em um dos últimos lances dos primeiros 45 minutos. Em cobrança de falta parecida com a anterior, Pablo obrigou outra intervenção de Cássio. Sem mais tentativas, as duas equipes foram para o intervalo com o placar zerado.

Furacão marca no início da segunda etapa e controla partida até o fim

Precisando do resultado, o Atlético voltou com outra postura para a segunda etapa. E isso pôde ser observado logo aos 2 minutos. Nikão arriscou o chute da intermediária, e Cássio fez grande defesa para evitar o gol. O rebote caiu nos pés de Raphael Veiga, que não aproveitou o gol vazio e isolou.

A festa na Baixada ficou mais bonita aos 6 minutos. Raphael Veiga acertou o pé e colocou escanteio com efeito no centro da área. Léo Pereira subiu mais que todo mundo, cabeceou no contrapé de Cássio e abriu o placar.

O Furacão continuou pressionando, mas Cássio conseguia confirmar a atuação sólida. Aos 18 minutos, Nikão cortou a marcação e bateu no canto, mas o goleiro conseguiu espalmar. Dois minutos mais tarde, foi a vez de Renan Lodi testar o arqueiro adversário, que fez outra grande defesa.

O Corinthians partiu para o desespero nos minutos finais, mas ficou exposto e proporcionou os contra-ataques ao Atlético. Aos 32, Rossetto tentou cruzamento e Henrique, cabeceando para trás, quase marcou contra. Mesmo com as investidas adversárias, o Atlético não passou dificuldades. Com uma defesa bem postada, o Furacão foi perfeito na marcação, anulou o Corinthians e saiu com a vitória.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 1 X 0 CORINTHIANS

Atlético-PR: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Lucho González (Matheus Rossetto), Raphael Veiga e Nikão (Marcinho); Pablo e Rony (Marcelo Cirino).
Técnico: Tiago Nunes.

Corinthians: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Emerson Sheik), Thiaguinho (Araos), Mateus Vital (Clayson) e Jadson; Pedrinho e Danilo.
Técnico: Jair Ventura.

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data/Horário: 21/11/2018, às 21h45.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (FIFA-RJ).
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ).

Público/Renda: 16.332 presentes | R$ 422.925,00.
Cartões Amarelos: Matheus Rossetto (Atlético-PR). Ralf, Danilo Avelar, Thiaguinho e Fagner (Corinthians).
Gol: Léo Pereira, aos 6′ do 2º tempo para o Atlético-PR.

Foto: Miguel Locatelli/Atlético-PR Oficial

 

Siga em:
Um mês e meio após
Clubes paranaenses c

Estudante de Engenharia, fanático por futebol. Encontro nos textos uma forma de desenvolver novas aptidões e acompanhar de perto os bastidores do futebol.

Classifique este artigo