Atlético-PR vai mal e Palmeiras vence por 3 a 1 na Arena

O Atlético-PR recebeu o Palmeiras pela quarta rodada da Séria A do Campeonato Brasileiro. O jogo entre o Furacão e o Alviverde paulista colocou frente à frente uma equipe que não foi derrotada no ano contra a equipe com melhor aproveitamento como mandante na temporada 2018.

Com mau rendimento na tarde deste domingo, o Atlético-PR não se encontrou e foi derrotado por 3 a 1. Os gols da equipe paulista foram marcados por Bruno Henrique, Marcos Rocha e Willian. O gol de honra atleticano foi marcado por Pablo no fim da partida.

Quem não faz, leva

Até os quinze primeiro minutos de jogo o Atlético-PR não levou muito perigo ao gol defendido por Jailson. Depois a equipe se encontrou e conseguiu construir suas jogas. A primeira grande chance de abrir o placar para o Furacão foi com Camacho, o meia driblou dois palmeirenses e no cruzamento rasteiro, a zaga afastou. Aos 20, Matheus Rossetto chutou de fora da área e obrigou o goleiro mandar para escanteio. Quatro minutos depois, novamente o camisa 20 arriscou de longe e a bola saiu por cima do gol de Jailson.

Melhor em campo, o Atlético-PR comandava as ações ofensivas. Aos vinte oito minutos, de bola parada, Thiago Carleto também pôde colocar o Furacão a frente no placar, mas Jailson foi buscar no canto, evitando o gol rubro negro. A velha máxima do futebol quis imperar no fim do primeiro tempo. Quem não faz, leva, Bruno Henrique aos 43 minutos, recebeu de Keno e bateu firme para abrir o placar na Arena da Baixada.

Palmeiras confirma vitória

O Atlético-PR voltou para o segundo tempo tentando traduzir a posse de bola em jogadas ofensivas efetivas. Fernando Diniz colocou Jonathan no lugar de Lucho para dar mais velocidade a segunda linha do Furacão. Mas quem chegou ao gol foi o Palmeiras. Aos 15 minutos, Marcos Rocha aproveitou rebote de Santos e de primeiro ampliou o placar para a equipe paulista.

O rubro negro foi atras de seu gol, para diminuir a diferença, mas Jailson inspirado salvou mais uma boa chegada do Atlético-PR. Pablo recebeu cruzamento de Carleto, e de cabeça obrigou o goleiro palmeirense a fazer um verdadeiro milagre na Arena. Na tentativa de colocar a sua equipe mais a frente, Diniz colocou Bergson no jogo em lugar de Carleto, deslocando Pablo para a esquerda. A terceira e última substituição no Atlético-PR foi a entrada de Renan Lodi, saindo Rossetto. Mas pouco mudou na postura do rubro negro, e aos 40 o Furacão sofreu o terceiro gol. No contra ataque, Willian partiu sozinho e cara a cara com Santos, só teve de tirar do goleiro para sacramentar a vitória do Palmeiras. No fim do jogo ainda teve tempo do gol de honra do Atlético-PR. Pablo faz jogada com Jonathan e dentro da área o centro avante diminuiu o placar.

Com um mau rendimento, o Atlético-PR não conseguiu evitar a derrota para o Palmeiras. O Furacão manteve seus cinco pontos na competição e caiu para a nona posição no Brasileirão. Já o Palmeiras vai aos oito pontos e chegou a segunda posição na tabela. O próximo jogo do rubro negro no campeonato nacional será contra o Atlético-MG na Arena, mas antes o Atlético-PR vai a Argentina para a partida de volta da Sul-Americana contra o  Newell’s Old Boys na quinta feira.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 1X3 PALMEIRAS

Atlético-PR: Santos; Pavez, José Ivaldo e Thiago Heleno; Rossetto (Renan Lodi), Lucho González (Jonathan), Camacho e Thiago Carleto (Bergson); Nikão, Guilherme e Pablo.
Técnico: Fernando Diniz

Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Edu Dracena, Antônio Carlos e Diogo Barbosa; Bruno Henrique, Felipe Melo (Thiago Santos), Moisés (Lucas Lima); Dudu, Keno (Hyoran) e Willian.
Técnico: Roger Machado

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/Horário: 06/05/2018 às 16h00
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Ailton Farias da Silva (SE)

Público|Renda: 20.417 (total)| R$ 733.565,00
Cartão amarelo: Matheus Rossetto (Atlético-PR); Felipe Melo e Lucas Lima (Palmeiras)
Gol: Pablo aos 44′ do 2º tempo para o Atlético-PR. Bruno Henrique aos 43′ do 1º tempo e Marcos Rocha aos 15′ e Willian aos 40′ do 2º tempo para o Palmeiras

Foto: Miguel Locatelli/Atlético Paranaense Oficial.

Siga em:
Fechando a rodada, P
Prudentópolis perde

Jornalista, aficionado por esportes, encontrei na profissão um meio de estar mais próximo deste universo.

Classifique este artigo