Atlético-PR supera Paraná Clube na Arena da Baixada

Atlético e Paraná se enfrentaram pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A. O Furacão fez valer o seu mando e superou o Paraná pelo placar de 3 a 0. Apesar da derrota, o Tricolor fez um bom primeiro tempo, criou algumas chances, mas não teve a mesma eficiência que o Furacão, que matou o jogo em duas boas jogadas trabalhadas pelos lados.

Com o resultado, o Furacão subiu para nona colocação, com 33 pontos conquistados. Já o Paraná segue sem vencer sob o comando de Claudinei Oliveira. Tricolor é o último colocado com 16 pontos.

Primeiro tempo rubro-negro

A partida começou com as duas equipes se estudando. O Atlético teve por maior tempo a bola e conseguia chegar com mais facilidade ao ataque. Já o Paraná procurava chegar pelo lado esquerdo, principalmente com Silvinho, que buscava dar velocidade ao ataque Tricolor. A primeira chegada do jogo aconteceu aos 5’. Veiga ganhou campo pelo meio e arriscou da entrada da grande área, mas mandou para fora.

E foi com Raphael Veiga, que vem se destacando nos últimos jogos, que o Atlético saiu na frente no placar. Aos 8’, Jonathan avançou pelo lado direito e cruzou no primeiro pau para Veiga, que ganhou da marcação e deu toque sem chances de defesa para Richard.

O Paraná respondeu na bola parada. Nadson cobrou falta na entrada da área, mas parou no goleiro Santos, que fez uma grande defesa e evitou o gol Tricolor. O jogo ficou morno e só teve uma grande chance aos 21’. O Tricolor adiantou suas linhas, recuperou a bola em seu campo de ataque e Nadson teve espaço para avançar e finalizar com perigo, passando muito perto do gol.

O Atlético, novamente com uma boa chegada pelo lado, fez o seu segundo gol. Renan Lodi fez um belo cruzamento para Pablo que, de cabeça, aumentou a vantagem do Furacão: 2 a 0.

Segunda etapa

Na segunda etapa, o Atlético manteve o ritmo intenso nos primeiros 05 minutos. Teve a bola, procurava acelerar o jogo, mas faltou caprichar mais na tomada de decisão. Após isso, o Paraná adiantou suas linhas e começou a ter mais a bola, enquanto o Furacão apostava nos contra-ataques. Aos 17’, em um desses contra-ataques, Nikão saiu em velocidade, entrou na área e bateu cruzado, passando perto da trave direita de Santos.

O Paraná respondeu aos 26’. Deivid carregou, com liberdade, a bola pelo corredor direito e cruzou para Ortigoza, que ganhou do marcador, mas finalizou para fora, uma ótima chance para o Tricolor.

Com o Paraná aberto, o Atlético chegou várias vezes no contra-ataque. Aso 34’, Veiga lançou Rony pelo lado direito, o atacante avançou e bateu cruzado, parando apenas na defesa de Richard, que salvou o time paranista.
E, após muita pressão, saiu o terceiro gol. Marcinho, pelo direito, cruzou para Rony que finalizou, mas Richard espalmou. No rebote, Marcelo não perdoou e fez o terceiro

Agora, o Atlético tem uma semana para se preparar para o seu próximo confronto, contra o Santos, no domingo, às 16h00, na Vila Belmiro. Já o Paraná vai receber o Vasco na segunda feira, na Vila Capanema, às 20h00.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 3 x 0 PARANÁ

Atlético: Santos; Jonathan (Diego), Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães e Raphael Veiga; Nikão, Marcelo Cirino e Pablo (Rony)
Técnico: Tiago Nunes

Paraná: Richard; Wesley Dias (Jhony), Renê Santos, Rayan e Mansur; Leandro Vilela, Alex Santana, Nadson e Caio Henrique (Deivid); Silvinho (Maicosuel) e Ortigoza.
Técnico: Claudinei Oliveira.

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data/Horário: 23/09/18, às 16h00
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

Público/Renda: 15.831 pagantes/R$ 298.815,00
Cartão Amarelo: Caio Henrique, Rayan e Jhony. (Paraná)
Gols: Raphael Veiga, aos 9′  do 1º tempo, Pablo aos 33′ do 1º tempo e Marcelo aos 43′ do 2º tempo para o Atlético.

Foto: André Ribas/Redação em Campo

Siga em:
Com grande dose de e
Grêmio Maringá, Ar

Jornalista em formação. Repórter do Redação em Campo.

Classifique este artigo