22 de August de 2017 11:10:08

Atlético-PR sofre nova derrota e chega ao terceiro jogo seguido sem vencer na Baixada

Atlético-PR

Atlético-PR e Ponte Preta se enfrentaram neste domingo (23), pela décima sexta  rodada do Campeonato Brasileiro.  A Macaca foi mais eficiente, garantindo a vitória por 2 a 0 sobre o Furacão. O primeiro gol aconteceu no segundo tempo após um vacilo defensivo do Atlético que deixou o artilheiro Lucca na cara do gol. No apagar das luzes,  o mesmo Lucca ampliou a vantagem de pênalti.

Com o resultado, o Furacão ocupa a 16ª colocação, com 17 pontos conquistados. Agora, o Atlético se volta para Copa do Brasil. Na quinta-feira, às 21h45, o Rubro-Negro encara o Grêmio, na Arena da Baixada, pelo jogo de volta das oitavas de final da competição.

 

Primeiro tempo

O Atlético-PR começou melhor no jogo. Tendo a posse de bola, o Furacão procurava controlar a partida, mas sem criar grandes chances. Já a Ponte Preta se fechava no seu campo de defesa, jogando no erro do time da casa. A primeira grande chance do Atlético foi aos 13′. Em cobrança de falta, Nikão colocou a bola na cabeça de Ribamar que, dentro da área, cabeceou passando muito perto do gol.

O jogo era bastante truncado, com a Ponte Preta marcando firme, dificultando a saída de bola do time da casa. Mas o Atlético seguia superior em campo, tentando furar o sistema defensivo da Macaca. Aos 34′, após cobrança de escanteio de Nikão, a bola desviou em Thiago Heleno, sobrando limpa para Paulo André, que apareceu livre na área e chutou forte, mas acabou finalizando no meio do gol facilitando a vida do goleiro Aranha.

 

Segundo tempo

A Ponte Preta voltou melhor na segunda etapa. Aos 6′, após vacilo defensivo do Furacão, Lucca saiu cara a cara com Weverton, e chutou na saída do goleiro para abrir o placar, 1 a 0. O Atlético respondeu aos 11′, o Rubro-Negro chegou duas vezes com perigo. Primeiro com Pablo, Aranha espalmou, no rebote, Matheus Anjos bateu, mas novamente parou no goleiro.

Após o gol, o Atlético-PR se lançou todo no ataque, mas parou no goleiro Aranha, que fez uma bela atuação na Arena da Baixada. A pressão se manteve durante todo segundo tempo, mas a zaga da Macaca foi eficiente. E no final do jogo, a Ponte teve a oportunidade de aumentar a vantagem em uma cobrança de pênalti. Lucca, artilheiro do Brasileirão, ampliou o placar e decretou mais uma derrota do Furacão em casa nesse Brasileirão.

 

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR  0 X 2 PONTE PRETA

Atlético-PR: Weverton; Cascardo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Eduardo Henrique e Matheus Rossetto; Douglas Coutinho (Matheus Anjos), Nikão (Felipe Gedoz) e Pablo (Eduardo da Silva); Ribamar.
Técnico: Fabiano Soares.

Ponte Preta: Aranha; Jeferson, Marllon, Rodrigo e Danilo; Elton, Naldo, Léo Arthur (Jadson) e Claudinho (Renato Cajá; Maranhão (Kadu) e Lucca
Técnico: Gilson Kleina.

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/Horário: 23/07/2017 às 19h
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
Assistentes: Oberto da Silva Santos (PB) e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (PB).

Público e renda: 
Cartões Amarelos: Léo Artur e Aranha (Ponte Preta). Eduardo Henrique e Thiago Heleno (Atlético-PR).
Gols: Lucca, aos 6′ e aos 48′ do 2º tempo para a Ponte Preta.

 

Foto: Marcio Wosniak/Atlético-PR Oficial

.

Siga em:
FPF divulga edital d
Fabiano Soares exalt

Estudante de jornalismo na Faculdade Opet. Apaixonado por esportes, goleiro nos finais de semana e Setorista do Iraty no @redacaoemcampo.

Classifique este artigo