Atlético-PR perde fora de casa para o Botafogo e continua na ZR

O Atlético-PR enfrentou na noite desta quarta-feira (13) a equipe do Botafogo, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). O confronto foi válido pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O Furacão buscava uma vitória para sair do Z4 do Brasileiro e interromper uma sequência negativa que a equipe vivia. Mas o mau momento continuou e o Atlético-PR acabou sendo derrotado por 2 a 0 pelo Botafogo. Os gols da partida foram marcados por Rodrigo Lindoso e Renan Lodi, contra.

Com o resultado, o Furacão foi para vice-lanterna da competição com apenas 9 pontos ganhos. Já o Botafogo com a vitória foi para 17 pontos e subiu para a décima colocação. Agora as equipes voltam a jogar apenas no mês de julho, devido a parada para a Copa do Mundo, o Atlético-PR joga dia 19 de julho, contra o Internacional, na Arena da Baixada, e o Botafogo dia 18 de julho, contra o Corinthians, fora de casa.

Primeira etapa com poucas chances

Mesmo jogando fora de casa, quem começou tendo a iniciativa da partida foi o Atlético-PR, que chegava mais vezes ao ataque que o Botafogo. O alvinegro carioca chegou ao ataque apenas aos 6 minutos, Luís Ricardo cruzou pela lateral para Luiz Fernando, mas a bola foi fraca. Os donos da casa começaram a melhorar na partida, aos 9 minutos, Luís Ricardo cruzou para Rodrigo Pimpão, o atacante da equipe carioca subiu de cabeça e levou perigo ao gol.

As duas equipes chegavam ao ataque, mas paravam na defesa. O Furacão conseguia finalizar ao gol mais que o Botafogo, mas os chutes não levaram perigo o gol de Jefferson. O jogo seguia sem chances claras, as equipes tentavam criar lances de perigo, embora sem sucesso. O Atlético-PR tinha mais tempo de posse de bola, porém não conseguia transformar em chances de gol.

Aos 34 minutos, o Botafogo conseguiu abriu o placar, após bate e rebate dentro da área, Rodrigo Lindoso finalizou e bola acabou batendo na mão do zagueiro Zé Ivaldo e o árbitro assinalou pênalti, na cobrança, Rodrigo Lindoso mandou para o fundo das redes. No final da primeira etapa, os donos da casa quase ampliaram o placar, Luiz Fernando recebeu a bola e finalizou sem ângulo, o goleiro Santos fez boa defesa

Furacão inicia bem, mas leva o segundo

O Atlético-PR voltou para a segunda etapa trocando passes, mas não conseguia levar perigo ao gol de Jefferson. Aos 6 minutos uma boa oportunidade para o Furacão, Camacho recebe na entrada da área e finaliza com perigo para o gol, a bola foi desviada no caminho. O fogão respondeu minutos depois, Luiz Fernando faz bela jogada pela lateral e cruza para Kieza, porém o goleiro Santos se antecipou e fez a defesa.

Os visitantes se lançavam para o ataque em busca do empate, o Botafogo se defendia e preparava para armar um bom contra-ataque. Aos 17 minutos, boa oportunidade para o rubro negro paranaense, Carleto cobrou falta e obrigou o goleiro Jefferson a fazer grande defesa. O Furacão seguia chegando com perigo, aos 22 minutos, Raphael Veiga faz boa jogada e cruza para Nikão, que acabou finalizou longe do gol. O Botafogo respondeu em seguida, Matheus Fernandes tocou para Renatinho, que dominou a bola a finalizou de longe, porém a bola foi por cima do gol.

Mesmo com a insistência do Furacão, o Botafogo ampliou o placar aos 26 minutos, após cobrança de escanteio de Leo Valencia, a bola encontrou Yago, que tocou de cabeça para Igor Rabello, mas Renan Lodi na tentativa de cortar acabou mandando para o fundo das redes. Aos 33 minutos, outra chance dos donos da casa, Kieza recebeu a bola, passou por Zé Ivaldo e finalizou rasteiro, a bola passou muito perto da trave. O Botafogo continuava criando boas chances, agora aos 38 minutos, após cobrança de escanteio, Igor Rabello desvia de cabeça e sobra para Rodrigo Lindoso, o volante acabou finalizando para fora do gol, perdendo boa chance pra ampliar. Os donos da casa apenas administraram até o final da partida.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 0 ATLÉTICO-PR

Botafogo: Jefferson, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e Leo Valencia (Dudu Cearense); Rodrigo Pimpão (Ezequiel), Luiz Fernando (Renatinho) e Kieza.
Técnico: Alberto Valentim

Atlético-PR: Santos, Bruno Guimarães (Renan Lodi), Zé Ivaldo e Thiago Heleno; Marcinho; Guilherme (Pablo), Camacho e Thiago Carleto; Raphael Veiga, Nikão e Bergson (Ederson).
Técnico: Fernando Diniz

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/Horário: 13/06/2018; às 21h
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Luciano Benevides de Sousa (DF)

Público/Renda: 10.048 pagantes/10.965 total/R$ 124.805,00
Cartões amarelos: Zé Ivaldo, Raphael Veiga (Atlético-PR)
Gols: Rodrigo Lindoso aos 34′ do 1º tempo e Renan Lodi contra aos 26′ do 2º tempo para o Botafogo

Foto: Miguel Locatelli/Arquivo/Atlético-PR Oficial.

Siga em:
Na Vila Capanema, Pa
Nesta sexta-feira ac

Formado em Jornalismo pela Unopar em 2015. Apaixonado por esporte e ainda mais pelo futebol, costumo acompanhar outros esportes como futsal, vôlei e também basquete. E adoro falar desse esporte tão apaixonante que é o futebol.

Classifique este artigo