Atlético-PR não supera Cruzeiro e está fora da Copa do Brasil

E a bola voltou a rolar para o Atlético-PR. Em desvantagem na Copa do Brasil, o Furacão entrou em campo nesta segunda (16) precisando vencer o Cruzeiro em pleno Mineirão.  Com a saída de Fernando Diniz, Tiago Nunes foi o escolhido para o comando técnico do rubro negro. As novidades do time titular ficaram por conta de Renan Lodi, no lugar de Carleto e Raphael Veiga no lugar de Bergson, com Pablo atuando como centro avante.

Apesar de apresentar uma boa partida, na falha individual de Paulo André, De Arrascaeta encontra um gol para o Cruzeiro. O Atlético-PR até empatou com Bergson mas está fora da Copa do Brasil.

Um chute pra cada lado

Com algumas mudanças na maneira de comportar taticamente, o Atlético-PR no 4-2-3-1 saía para atacar no 3-4-3, com os laterais apoiando o ataque, e Bruno Guimarães ficando entre Paulo André e Thiago Heleno. Porém as duas equipes se preocuparam mais em não tomar gol do que fazer. Melhor em campo o Furacão arrematou apenas uma vez no gol de Fábio, com Pablo as 36 minutos.

Já o Cruzeiro buscava nos contra ataques chegar ao campo atleticano. A equipe mineira também não se expôs e também arrematou uma única vez neste primeiro tempo. No minuto final, Rafael Sobis arrematou forte e Santos fez uma bela defesa, evitando o gol dos donas da casa.

Inofensivos

Precisando do resultado o Atlético-PR não conseguiu impor seu jogo ofensivo. Até os 20 minutos o Furacão pouco fez para alcançar seu gol. Para dar uma movimentada maior no ataque, Tiago Nunes tirou Raphael Veiga e promoveu a entrada de Guilherme. O Cruzeiro também não conseguiu chegar ao ataque, devido ao bom posicionamento defensivo da equipe rubro negra. Mano Menezes também mudou seus atacantes e Thiago Neves e Rafael Sobis deram lugar para Raniel e David.

Faltando quinze minutos para o fim da partida, o treinador atleticano tirou Lucho Gonzalez e colocou Marcinho parar criar mais oportunidades, Mano Menezes também descontente a apresentação ofensiva cruzeirense sacou Rafinha e colocou Robinho na partida. O Atlético-PR não desistia e o jogo ficou mais aberto no Mineirão. E Tiago Nunes em sua última cartada substituiu seu lateral direito, Jonathan pelo centro avante Bergson.

Apesar de uma boa apresentação coletiva, Paulo André falha na dividida e De Arrascaeta abriu o placar aos 41 do 2º tempo. O Atlético-PR saiu para o ataque e conseguiu o empate com Bergson, o atacante recebeu lançamento, fez bela finta em Dedé e finalizou firme para balançar as redes adversárias.

Com o empate o Furacão se despede da Copa do Brasil e focará suas forças para sair da incômoda posição na tabela do Campeonato Brasileiro e ainda terá a Sulamericana neste segundo semestre.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1X1 ATLÉTICO-PR

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; De Arrascaeta, Thiago Neves (Raniel) e Rafinha (Robinho); Rafael Sobis (David).
Técnico: Mano Menezes

Atlético-PR: Santos; Jonathan (Bergson), Thiago Heleno, Paulo André e Renan Lodi; Bruno Guimarães e Lucho Gonzalez (Marcinho); Matheus Rossetto,  Nikão e Raphael Veiga (Guilherme); Pablo.
Técnico: Tiago Nunes

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data/Horário: 16/07/2018 às 20h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)

Público|Renda: 39.784|R$ 638.477,00
Cartão amarelo: Thiago Neves e Raniel (Cruzeiro); Bruno Guimarães e Renan Lodi (Atlético-PR)
Gols: De Arrascaeta aos 41′ do 2º tempo para o Cruzeiro; Bergson aos 46′ do 2º tempo para o Atlético-PR

Foto: Miguel Locatelli/ Atlético Paranaense

Siga em:
Na estréia de Tiago
Nova fase no Atléti

Formado em jornalismo pela Uninter em 2014, com especialização em assessoria e gestão da Comunicação pela Positivo em 2016, repórter do Redação em Campo desde 2017, setorista do Atlético-PR e C.E União.

Classifique este artigo