24 de September de 2017 2:08:51

Atlético-PR empata com Flamengo na Arena e segue sem vencer no Brasileirão

Atlético-PR

Na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), Atlético-PR e Flamengo se encontraram pela 3ª vez neste ano, sendo desta vez pelo Campeonato Brasileiro 2017, a terceira da competição. Em um jogo movimentado, os rubro-negros tiveram boas chances, mas o resultado acabou em 1 a 1. O gol do CAP veio com Thiago Heleno, enquanto que Mancuello fez para o time carioca.

Com o resultado, o Furacão somou seu primeiro ponto, mas segue na ZR na penúltima colocação. Já o Flamengo está na 8ª posição com cinco tentos. Na quarta rodada do Brasileiro, teremos os clássicos para ambas as equipes. No sábado (3) o Atlético-PR fará o clássico diante do Coritiba, no Couto Pereira, em Curitiba, às 16h00. Já no domingo (4) é a vez de o Flamengo entrar a campo para o clássico contra o Botafogo, às 11h00, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Atlético-PR joga melhor, mas sai derrotado

O duelo entre Atlético-PR e Flamengo teve um bom início, com muita movimentação das duas equipes. Jogando no Caldeirão, o Furacão teve as melhores chances antes dos 15 minutos. Aos 11 minutos, Grafite fez o pivô para Pablo soltar a bomba com muito perigo à meta de Muralha. Dois minutos depois, boa troca de passes do CAP, a bola chegou até Nikão que arriscou para defesa de Muralha.

O detalhe curioso é que o torcida do Rubro-negro paranaense levou uma faixa escrito “chute” com setas indicando o gol, e parece que o time entendeu o recado até aqui. O time carioca ainda não havia chegado com perigo, mas na única chance que teve, não desperdiçou. Aos 24 minutos, Pará cruzou e Mancuello sozinho cabeceou no canto, para o fundo do gol, fazendo 1 a 0 no placar. O Atlético-PR respondeu no minuto seguinte com Nikão que recebeu cruzamento e cabeceou no travessão!

Nos 15 minutos finais reservou um para o atacante Grafite. O jogador perdeu três chances claras de empatar o jogo. Aos 31 minutos, erro de passe de Márcio Araújo, no qual deixou cara a cara Grafite e Muralha… melhor para o arqueiro que defendeu. O atacante teve nova oportunidade aos 37’ em chute rasteiro, no cantinho, mas o bola passou a direita do gol. Aos 40 minutos Grafite recebe em diagonal, limpou a marcação e acertou trave de Muralha. Realmente não era a primeira etapa do atacante e nem do Furacão que acabou derrotado por 1 a 0.

Furacão marca, mas fica no empate

Diferente da primeira etapa, o segundo tempo foi do Rubro-negro carioca, que impôs o seu ritmo, não dando espaços ao time paranaense. Aos 9 minutos, o Flamengo quase amplia com Guerrero de cabeça, mas Weverton fez uma belíssima defesa espalmando para o lado. O Atlético-PR até aqui não havia chegado à meta de Muralha, porém na primeira chance de gol, não desperdiçou. Aos 10 minutos, após cobrança de escanteio, Thiago Heleno sobe e testa firma de cabeça, empatando o marcador, para alegria da torcida.

15 minutos de um confronto muito movimentado até aqui, no qual ambas as equipes buscavam o tento da vitória. Os treinadores também optaram pela conquista dos três pontos colocando atletas de ataque, como Vinicius Junior, jogador de 16 anos, pelo lado do Flamengo e Ederson, atacante artilheiro pelo Furacão. Aos 31 minutos o Atlético-PR quase fez o segundo com Douglas Coutinho que ganhou do marcador na velocidade, mas chutou em cima de Muralha.

Restando 10 minutos para o fim a partida caiu de rendimento, no qual o Flamengo já optava pelo empate, e o Furacão tentava o tento da vitória, porém sem muita ambição. Assim a partida seguiu até os acréscimos, e sem nenhum grande lance, o resultado ficou em 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 1 X 1 FLAMENGO

Atlético: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rosseto, Lucho Gonzalez (Guilherme) e Nikão (Douglas Coutinho); Pablo e Grafite (Ederson).
Técnico: Eduardo Baptista.

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz, e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão, Cuéllar (Rodinei), Mancuello (Lucas Paquetá) e Matheus Sávio (Vinícius Júnior); Guerrero.
Técnico: Zé Ricardo.

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data/Horário: 28/05/17, às 16h00.
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC).
Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA-SC) e Neuza Inês Back (FIFA-SC).

Público/Renda: 19.923 pagantes/ 22.350 total/ R$ 470.175,00.
Cartões Amarelos: Pablo (Atlético-PR).
Gols: Thiago Heleno aos 10’ do 2º tempo pelo Atlético-PR. Mancuello aos 24’ do 1º tempo pelo Flamengo.

 

Foto: Marco Oliveira/Site Oficial CAP

Siga em:
Maringá goleia Andr
Com equipes pouco in

Comunicação e Marketing. Apaixonado por futebol, xícaras e camisas de clubes. Em busca dos sonhos e objetivos que a vida proporciona.

Classifique este artigo