23 de February de 2018 9:56:26

Atlético-PR empata com Caxias-RS e avança na Copa do Brasil

Na estreia do time principal em 2018, o Atlético-PR soube jogar com o regulamento e garantiu vaga na segunda fase da Copa do Brasil. O Furacão foi até Caxias do Sul (RS) e empatou em 0 a 0 com o Caxias, no Estádio Centenário. O adversário da próxima fase sai do confronto entre Tubarão-SC e América-RN, e novamente o Rubro-negro fará jogo único fora de casa.

A partida desta terça-feira (30) marcou a estreia do técnico Fernando Diniz no comando da equipe, além de recentes contratações, como por exemplo, Thiago Carleto, Raphael Veiga e Bersgon.

Santos salva o Furacão da pressão gaúcha

Com o apoio da torcida e com 100% de aproveitamento no Campeonato Gaúcho, o Caxias começou pressionando o Atlético-PR. A primeira boa chance aconteceu logo aos 5′, Nicolas cruzou e Túlio Rnena, livre de marcação, perdeu o tempo no lance e cabeceou pra fora. Já no minuto seguinte Cleiton ficou com a sobra na área e soltou uma bomba por cima do gol defendido por Santos.

O Furacão tinha dificuldades em manter a posse de bola, principal característica dos times comandados por Fernando Diniz, já o Caxias explorava as laterais em suas principais jogadas. Com a vantagem do empate, o Atlético ameaçou pouco na primeira etapa. Raphael Veiga, que estreou pelo CAP, chutou rasteiro aos 18′ e viu o goleiro Gledson espalmar para escanteio.

Na pressão pelo gol, o time gaúcho viu Santos salvar a equipe paranaense com grandes defesas. Aos 33′, o lateral Cleiton cruzou em direção ao gol, e o arqueiro atleticano conseguiu afastar o perigo. Um minuto depois, aos 34′, Julinho finalizou forte da entrada da área e Santos praticou uma excelente defesa.

Jogo aberto e vaga atleticana confirmada

O Atlético começou dominando a etapa final. O time impôs um ritmo forte nos primeiros dez minutos e por pouco não abriu o placar no Estádio Centenário. A principal chance foi com o atacante Ribamar, que na linha da pequena área ficou com a sobra, girou e chutou, porém o goleiro Júnior Alves salvou quase que em cima da linha. Aos 5′ Guilherme também teve sua oportunidade, Jhonatan cruzou e Guilherme conseguiu finalizar, mas viu o goleiro Gledson espalmar.

Aos poucos o Caxias retomou o domínio da partida. O técnico Luiz Carlos Winck utilizou as três substituições colocando atacantes no time, o que deixou o jogo aberto, principalmente nos últimos minutos de bola rolando. Com 37′ o Rubro-negro teve a oportunidade de resolver o jogo. Em rápido contra-ataque, com dois jogadores contra um defensor, Nikão arrancou em velocidade e tocou na medida para Ribamar, o atacante chutou e o goleiro Gledson praticou uma grande defesa.

Embora encontrasse mais espaços, o Atlético adotou uma tática mais cautelosa, tentando valorizar a posse de bola, e a estratégia deu certo, o time manteve o empate até o apito final e segue na Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
CAXIAS-RS 0X0 ATLÉTICO-PR

Caxias: Gledson; Cleiton, Júnior Alves, Laércio e Julinho (Ramón); Régis, Túlio Renan (Daniel Cruz), Rafael Gava e Diego Miranda; Nicolas e João Paulo (Carlos André).
Técnico: Luiz Carlos Winck.

Atlético-PR: Santos; Wanderson, Paulo André e Thiago Heleno; Jhonatan, Matheus Rosseto (Bruno Guimarães), Raphael Veiga e Thiago Carleto; Nikão (Pablo), Guilherme (Bergson) e Ribamar.
Técnico: Fernando Diniz.

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data/Horário: 30/01/2018, às 21h30
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

Cartões amarelos: Régis (Caxias); Guilherme, Thiago Carleto (Atlético-PR)

Foto: Miguel Locatelli/Atlético-PR Oficial.

Siga em:
Ouro Verde/Toledo se
Wellington Monteiro

Formado em Jornalismo e Letras, estou no Redação em Campo desde 2013 e atualmente exerço a função de Coordenador de Jornalismo. Também sou professor de Língua Portuguesa.

Classifique este artigo