19 de October de 2017 6:06:47

Atlético para em Vanderlei, sofre gol no contra ataque e está fora da Libertadores

O Atlético-PR entrou em campo na noite desta quinta (10) para enfrentar o Santos na Vila Belmiro. Precisando vencer por dois gols de diferença, para passar às quartas de finais da Copa Bridgestone Libertadores, o Furacão contou um time com mais qualidade na meia cancha e com Ribamar como centro avante.

O treinador Fabiano Soares colocou o lateral Fabrício pela esquerda, deslocando Sidcley para a ponta direita. Matheus Rosseto entrou no lugar de Otávio, negociado nesta janela de transferência. Com volume maior de jogo e mais finalizações Atlético-PR para em Vanderlei, e no contra ataque sofre gol de Bruno Henrique, perde para o Santos e está fora da competição internacional.

Ataque contra defesa

A primeira boa chande do Atlético abrir o placar foi aos 24 minutos. Paulo André cabeceia e Vanderlei faz linda defesa cedendo o escanteio, na cobrança salva novamente o goleiro santista agora da cabeçada de Fabricio e na sequencia do lance o camisa 01 faz nova intervenção para evitar o gol atleticano.

Só deu Atlético no primeiro tempo, aos 35 minutos mais uma boa jogada rubro-negra, jogando com as linhas altas, apertando a marcação o meio do campo do Atlético dominou o primeiro tempo, em uma dessas roubadas de bola sobra para Guilherme que arrisca e Vanderlei faz segura defesa.

E a mais clara chance de gol saiu na linda jogada do lateral Jonathan,  que encontra Sidcley na área manda de carrinho para o gol e na linha o zagueiro Lucas Veríssimo tira de peito, evitando o gol Atleticano. E no primeiro tempo de ataque contra defesa, melhor para o time santista.

Quem não faz leva

Melhor chance do Santos no jogo só aconteceu nos 15 minutos da etapa final, Lucas Veríssimo na área cabeceou e a bola passa raspando o gol de Weverton. A resposta atleticana saiu 10 minutos mais tarde, no contra ataque bola pra Sidcley que arrisca de fora da área e Vanderlei cede escanteio. Na sequencia do lance bate rebate na área, Jonathan chuta e a bola caprichosamente bate na trave.

Muito consistente durante todo o jogo, o Atlético fez um de seus melhores jogo na temporada, quando fazia a maior pressão no segundo tempo o Santos acertou um contra ataque com Lucas Lima, que toca para Ricardo Oliveira, que cruza para Bruno Henrique aos 32 minutos abrir o placar na Vila Belmiro.

Mesmo melhor em campo, o rubro negro não conseguiu se classificar, esta foi a 7ª participação do time paranaense na Libertadores, mais uma vez caindo nas oitavas de finais, a melhor campanha do Atlético-PR na competição foi em 2005, quando foi derrotado pelo São Paulo na final. O Furacão agora volta toda suas forças para o Brasileirão, o time de Fabiano Soares que vem em ascensão, enfrenta a equipe do Bahia no próximo domingo às 19:00 na Arena da Baixada.

 

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 X 0 ATLÉTICO-PR

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison (Daniel Guedes), Yuri (Jean Mota) e Lucas Lima; Copete (Thiago Ribeiro), Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.
Técnico: Levir Culpi.

Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Matheus Rossetto (Bruno Guimarães), Lucho; Guilherme, Nikão e Sidcley (Pablo); Ribamar (Ederson).
Técnico: Fabiano Soares.

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP).
Data/Horário: 10/08/2017 às 21h45.
Árbitro: Mauro Viglian (ARG).
Assistentes: Diego Bonda (ARG) e Gabriel Chade (ARG).

Público/Renda: 12.380/R$ 622.995,00
Cartões amarelos: Guilherme (Atlético-PR)
Gols: Bruno Henrique aos 32 minutos do 2º tempo.

Foto: Bruno Baggio/ Site Oficial Atlético-PR

Siga em:
FC Cascavel assume l
"Nossa equipe não d

Jornalista, aficionado por esportes, encontrei na profissão um meio de estar mais próximo deste universo.

Classifique este artigo