Atleta que tentou manipulação no Campeonato Paranaense é eliminado do futebol pelo STJD

Nesta sexta-feira (5), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o STJD, puniu com eliminação do futebol, o jogador Thiago Almeida Vieira, o Thiaguinho, que quando atuava pelo Rio Branco, tentou convencer atletas do clube de Paranaguá (PR), a entregar a partida contra o Londrina, pela última rodada da Taça Caio Júnior do Campeonato Paranaense de 2018, oferecendo R$ 5 mil como prêmio.

Entenda o caso

No dia 21 de março, dia da última partida do Leão da Estradinha na competição estadual, Thiaguinho que estava em Recife, por estar lesionado, entrou em contato por telefone com dois companheiros de equipe que costumava concentrar. Era o goleiro Flaysmar e o atacante Rodrigo Jesus, neste momento o atleta fez a proposta para que os jogadores entregassem a partida para o Londrina em troca de R$ 5 mil para cada um.

Rodrigo Jesus como Flaysmar ficaram indignados com a proposta feita e a recusaram na hora. O plano inicial era influenciar quatro atletas do Rio Branco, que com a recusa inicial, não foi para frente. Mais tarde na partida, o clube Alvirubro foi derrotado por 4 a 1 pelo Londrina, no norte paranaense. A história rapidamente chegou a comissão técnica e a diretoria do clube.

Buscando se explicar, Thiaguinho criou um grupo pelo WhattsApp e contou sua versão. Com os rumores e posteriormente com a conversa pela rede social, o presidente do Rio Branco, Leandro Ribeiro, denunciou a tentativa de manipulação com apoio da Procuradoria no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD). Em maio, o TJD do Paraná puniu o atleta e sua defesa recorreu ao STJD. O julgamento se iniciou na semana passada, foi paralisado para uma vista da auditora Arleta Mesquita e reiniciado nesta sexta-feira.

Julgamento pelo STJD

Por unanimidade, Thiaguinho foi banido do futebol e também recebeu uma multa de R$ 10 mil, com a confirmação pelo STJD das penas dadas pelo TJD-PR. Abaixo a publicação do resultado do Tribunal Pleno do STJD:

 8. Processo nº 321/2018 – Recurso Voluntário – Procedência: TJD/PR –
Recorrente: Thiago Almeida Vieira, atleta profissional de Futebol –
Recorrido: TJD/PR. AUDITOR RELATOR Dr. José Perdiz de Jesus.
RESULTADO: “Por unanimidade de votos, se conheceu do recurso,
para no mérito, negar-lhe provimento, mantendo a multa aplicada pelo
TJD/PR por R$10.000,00 (dez mil reais) e eliminação do esporte ao
atleta Thiago Almeida Vieira, por infração ao Art. 242 do CBJD, com
recomendação de envio dos autos para o Ministério Público Estadual –
sendo determinado o prazo de 7(sete ) dias para cumprimento da
obrigação , sob pena das sanções previstas no art. 223 do CBJD.”
Funcionou na defesa do atleta Thiago Almeida Vieira, Dr. Fábio
Carzino.
Caso queira recorrer da sentença, Thiaguinho pode apelar para o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), na Suíça, mas por dificuldades financeiras, o atleta não compareceu nem no julgamento desta sexta-feira (5).
Foto: Robson Vilela
Siga em:
Atlético-PR vence o
Wilson marca pênalt

Jornalista, formado na Unopar em 2015. Nasci e moro em Londrina. Apaixonado por esportes. Gosto de praticar aquele futebolzinho de final de semana. Futebol não é apenas um esporte, mas sim uma forma de viver.

Classifique este artigo