Athletico vence o Cianorte em casa, mas as duas equipes estão eliminadas da Taça Barcímio Sicupira

O Athletico recebeu na tarde deste domingo (10) a equipe do Cianorte, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). A partida foi válida pela sexta rodada da Taça Barcímio Sicupira, primeiro turno do Campeonato Paranaense. O Furacão buscava a vitória para ainda conseguir uma vaga para as semifinais, mesmo estando em situação difícil, já o Leão do Vale queria vencer para conseguir ir para a próxima fase. O Furacão fez valer o mando de campo e venceu o Cianorte por 1 a 0. O gol da partida foi marcado por Bruno Leite.

Mesmo com a vitória, as duas equipes estão eliminadas da Taça Barcímio Sicupira. O Atlhetico chegou a 8 pontos no grupo A, ficando na quinta colocação do grupo. Já o Cianorte com a derrota, ficou os mesmos 7 pontos e terminou em quarto no grupo B. O Furacão volta a campo pelo estadual apenas no dia 9 de março, onde enfrenta o Toledo, às 16h, na Arena da Baixada. Já o Leão do Vale volta dia 10 de março e encara o Coritiba, às 16h, no Albino Turbay, em Cianorte (PR).

Primeira etapa pouco movimentada

A partida começou meio truncada, com as duas equipes errando bastante passes. Os donos da casa tinham maior iniciativa, mas não conseguiam concluir as jogadas com perigo. A primeira finalização foi do Furacão, Bergson finalizou de longe a cobrança de falta, porém a bola passou a esquerda do goleiro Silvio. O Cianorte seguia recuado tentando buscar um contra-ataque, Athletico seguia tendo maior domínio da partida.

As equipes não faziam uma primeira etapa muito emocionante, o Furacão tinha maior controle do jogo, mas a falta de entrosamento estava fazendo a diferença e a equipe errava muitos passes, enquanto o Cianorte seguia fechado e chegava as vezes no ataque na bola parada.

O Cianorte chegou com um pouco mais de perigo aos 36 minutos, após cobrança de falta de Madalena, a bola sobrou para Carrilho, o meio campista pegou o rebote e finalizou para o gol, mas a bola acabou subindo demais. O Athletico teve uma boa oportunidade no final, após cobrança de falta, Robson Bambu subiu mais alto e cabeceou, porém a bola foi para a fora.

Cianorte começa bem, mas quem faz o gol é o Athletico

Na volta do intervalo, a equipe do Cianorte chegou assustando a torcida do Furacão. Com um minuto, após cobrança de escanteio, Mauricio desviou de cabeça, Jovany ainda cabeceou, a bola passou muito perto do gol do goleiro Léo. Os donos da casa responderam minutos depois, Bill fez um cruzamento, o zagueiro Mauricio não conseguiu tirar e Gabriel Poveda chegou finalizando, mas a bola acabou subindo. Aos 10 minutos, o Robson Bambu fez um bom passe para Bruno Leite, que invadiu a área, cortou para o meio e finalizou sem chances para o goleiro Silvio.

Após o gol, os donos da casa melhoraram após um início de pressão, já o Cianorte sentiu o gol e não conseguia retomar o controle para voltar a criar boas jogadas. O Leão do Vale até tentava ficar com a bola e criar perigo ao gol de Léo, mas a equipe não conseguia acertar os passes. O Athletico voltou a chegar com perigo aos 24 minutos, Bruno Leite passou para Gabriel Poveda, que invadiu a área e cruzou para a área, mas nenhum jogador do Furacão conseguiu finalizar para o gol.

O Cianorte ia para o ataque, mas ficava exposto na defesa, o Furacão aproveitar para levar perigo ao gol de Silvio. Aos 39 minutos, boa oportunidade para o Leão do Vale, Matheus Nêgo recebeu na esquerda e arriscou para o gol, mas o goleiro Léo fez uma boa defesa. No final da partida, o Cianorte teve outra boa chance de empatar a partida, Xavier fez boa jogada, tirou na marcação e finalizou para o gol, outra boa defesa do goleiro Léo. Os visitantes até tentaram buscar o empate no final, mas sem sucesso.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO 1 X 0 CIANORTE

Athletico: Léo; Robson Bambu, Lucas Halter e Nicolas; Reginaldo(Bruno Leite), Christian, Marquinho e Renzo; Demethryus,  Bergson(Gabriel Poveda) e Bill(Julian).
Técnico: Rafael Guanaes

Cianorte: Silvio; Breno, Montoya, Mauricio e Formiga(Matheus Nêgo), Jovany, Guiotto e Carrilho, Fernandinho, Paulinho(Filipe Ramon) e Madalena(Xavier).
Técnico: Cristian de Souza

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/Horário: 10/02/2019, às 17h
Árbitro: Selmo Pedro dos Anjos Neto
Assistentes: Wesley Waldir Marmitt e Welvys Fladerson Gomes Afonso

Público/Renda: 4.116 pagantes/4.515 total/R$101.200,00
Cartões amarelos: Lucas Halter, Robson Bambu(Athletico); Montoya, Formiga, Madalena e Xavier (Cianorte).
Gol: Bruno Leite aos 10′ do 2º tempo para o Athletico.

Foto: Miguel Locatelli/Athletico Oficial

Siga em:
Rio Branco vence o F
Operário empata com

Formado em Jornalismo pela Unopar em 2015. Apaixonado por esporte e ainda mais pelo futebol, costumo acompanhar outros esportes como futsal, vôlei e também basquete. E adoro falar desse esporte tão apaixonante que é o futebol.

Classifique este artigo