Athletico vence Coritiba nos pênaltis e encara Toledo na final do Paranaense 2019

A noite desta quarta-feira (10) foi de clássico na final da Taça Dirceu Kruger, o returno do Campeonato Paranaense. O Athletico recebeu a equipe do Coritiba na Arena da Baixada para essa importante decisão, terminando em 1 a 1 no tempo regulamentar, a decisão foi para os pênaltis, o que resultou na vitória do Rubro-negro por 7 a 6 sobre o Coxa. Com isso, o Athletico, campeão da Taça Dirceu Krüger, vai enfrentar o Toledo EC, campeão da Taça Barcímio Sicupira, em Toledo no próximo domingo (14) e decidirá em casa a grande final do Campeonato Paranaense de 2019.

Athletico e Coritiba ficaram no empate em 1 a 1 no tempo regulamentar. Foto: Luis Gustavo Oliveira/Redação em Campo

O primeiro tempo foi um tanto que desorganizado, ambas equipes se revezavam nos ataques e mando da bola, mas pecavam nas finalizações As equipes atacavam para conquistar o resultado, porém a qualidade deles era baixa durante todo o 1 primeiro tempo. Nos primeiros 9 minutos, os donos da casa tiveram uma oportunidade de gol com Marquinho, que, de frente com o goleiro Muralha não conseguiu marcar, fazendo o goleiro fazer uma grande defesa. Já o time coxa-branca se empenhava sempre em deixar Rodrigão com o domínio na área de ataque, mas a ausência de precisão em alguns passes não foi possível que o atacante fizesse o seu gol.

Na etapa complementar a partida seguia empatada e, técnico Rafael Guanaes tratou de desmontar o esquema com a presença de três zagueiros, trocando Éder por Gabriel Poveda. Aos 28 minutos do segundo tempo, Wellinton Júnior fez a alegria do torcedor alviverde, quando abriu o placar para o time do Alto da Glória. Quase saiu o segundo gol na sequência após jogada de Rodrigão para Patrick Brey que chegou perto de fazer o segundo. A partida seguia para os minutos finais e encaminhava para uma vitória do Coritiba, foi quando Marquinho, aos 43 minutos acabou com a festa alviverde e empatou o jogo, para o Athletico. Com ânimos a flor da pele, o Coritiba quase virou ampliou o marcador com uma bola na trave, mas o resultado seguiu empatado até o fim da partida quando foi disputado nos pênaltis.

As batidas de pênaltis foram boas, testando o coração do torcedor que lá estava presente. Sete jogadores foram selecionados de cada lado para bater as penalidades, e o Athletico se deu melhor errando uma batida e o Coritiba duas.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO 1 (7) x (6) 1 CORITIBA

Athletico: Léo; Lucas Halter, Paulo André e Eder (Gabriel Poveda); Khellven, Christian (Léo Cittadini), Erick e Vitinho; Marquinho, Jáderson (João Pedro) e Bergson.
Técnico: Rafael Guanaes

Coritiba: Alex Muralha; Sávio, Alan Costa, Romércio e Fabiano; Vitor Carvalho, João Vitor, Kady (Welinton Júnior), Juan Alano (Elyeser) e Patrick Brey; Rodrigão.
Técnico: Umberto Louzer

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (Nilo Neves de Souza Junior)
Assistentes: Pedro Martinelli Christino e Julio César de Souza

Público/Renda: 15.979 total/R$ 497.290,00
Cartões Amarelos: Christian, Léo Cittadini, Marquinho e Gabriel Poveda (Athletico). Juan Alano e Elyeser (Coritiba).
Gols: Marquinho aos 44′ do 2º tempo para o Athletico. Welinton Júnior aos 27 do 2º tempo para o Coritiba.

Pênaltis: João Pedro, Bergson, Gabriel Poveda, Marquinho, Paulo André, Lucas Halter e Khellven (Athletico); Patrick Brey, Welinton Júnior, Rodrigão e Vitor Carvalho, Fabiano e Alan Costa (Coritiba).

Foto: Coritiba Oficial

Siga em:
Coritiba vira pra ci
Athletico bate Toled

Estudante de Jornalismo, apaixonado pelo rádio, quero ampliar os meus conhecimentos jornalísticos, e vi que a área esportiva pode somar ainda mais nesse aprendizado. Athleticano firme, o meu gosto pelo clube me fez arriscar no jornalismo esportivo

Classifique este artigo