Athletico garante renovação de suas principais joias

Nesta última terça-feira, o Furacão confirmou a renovação do contrato do meia Bruno Guimarães até fevereiro de 2023. Inicialmente, o contrato do jogador iria até 2021, porém, visando proteger uma de suas principais peças, o Athletico buscou a prorrogação. Com essa notícia, o clube agora completou um objetivo importante, dando melhores contratos e preparando para o mercado europeu três de seus principais nomes: Bruno Guimarães, Renan Lodi e Léo Pereira.

Se precaver dessa forma é importante para evitar situações como a de Léo Pereira, que por pouco não deixou o Athletico para defender o Flamengo. Com um contrato que expirava em breve, o zagueiro tinha uma multa rescisória relativamente baixa, algo que quase foi aproveitado pelo rubro-negro carioca. Com os novos contratos, as joias do Furacão passam a ser melhores garantias para o clube em termos de mercado. Renan Lodi, por exemplo, tem uma multa de 40 milhões de euros, e já é observado por clubes como Juventus e Manchester City.

Último a ter seu vínculo renovado, Bruno falou sobre sua trajetória no Furacão e a sensação ao assinar o novo contrato. “É o reconhecimento do Clube por todo o meu trabalho. Por tudo o que foi feito no ano passado, por todas as conquistas e por ter sido o jogador que mais disputou jogos em 2018. Fico feliz com essa valorização e agora tenho que continuar em busca de novos desafios”, disse o meia.

O próximo “alvo” do Furacão deve ser Nikão, que terá seu vínculo expirado em dezembro de 2019 e poderia, a partir da metade do ano, assinar pré-contrato com outra equipe.

Foto: Athletico Paranaense Oficial

Siga em:
Após empate, Toledo
Pela Copa do Brasil,

Jornalista. Setorista do Furacão no Redação em Campo. Colaborou com o ESPN FC, Doentes por Futebol e Chelsea Brasil.

Classifique este artigo