Após sofrer goleada, Toledo tenta recuperação diante do Operário

O Toledo não teve um bom inicio de segundo turno no Campeonato Paranaense. Após conquistar de forma invicta a Taça Barcímio Sicupira e a vaga na decisão do Estadual, a equipe do oeste foi atropelada pelo Sub-23 do Athletico, por 8 a 2, na tarde do último domingo (10) na Arena da Baixada em Curitiba. Essa será uma data para ser esquecida, em que o Toledo estava irreconhecível.

O passeio dos donos da casa foi tão fácil, que chegou a ser considerado um treino de luxo. André Luiz, goleiro destaque na primeira fase, não acreditava no que estava acontecendo, inclusive recusou-se a ser substituído, quando foi solicitado pelo médico do Rubro-negro em um lance onde Bergson atingiu o rosto do goleiro. Os atacantes Pacato e Eduardinho, esperança de gols para equipe toledana só foram lembrados pelos narradores no momento em que foram punidos por cartão amarelo. Willian, que assumiu a titularidade após ter ficado semanas no Departamento Médico, também não estava em seu dia, ele não conseguiu encontrar-se em campo. Na verdade, o elenco estava perdido.

A ordem agora é esquecer este jogo e focar na semana de trabalho, já que o Porco volta a campo no domingo (17), e busca a recuperação contra o Operário Ferroviário, às 16h, no Estádio Municipal 14 de Dezembro, para este confronto o treinador Agenor Piccinin, deve fazer algumas mudanças na equipe, inclusive no gol.

Foto: Toledo EC Oficial

Siga em:
Cascavel CR vence a
Na Paraíba, Londrin

Formado em Educação Física, tenho fácil relação com o público em geral. Sonho a ser realizado concluir faculdade de Jornalismo. Sou apaixonado pela musica raiz, futebol amador e profissional. A cada dia busco aprender algo novo e nas horas vagas para renovar minhas energias curto pescaria e acampamentos com amigos.

Classifique este artigo