Após queda da invencibilidade, Atlético-PR encara Copa do Brasil

Após 17 jogos, entre Copa do Brasil e Paranaense, o Atlético-PR conheceu sua primeira derrota no ano de 2018. Justamente no primeiro jogo da final do estadual e contra o rival Coritiba. O gol sofrido na cobrança de falta de Júlio Rusch, colocou o Furacão em desvantagem na decisão do Campeonato Paranaense. Antes dos Aspirantes, retornarem ao gramado da Arena da Baixada, para a segunda partida da competição, o elenco de Fernando Diniz entrará em campo contra o São Paulo pela quarta fase da Copa do Brasil.

Relembre a trajetória na Copa do Brasil

O Atlético-PR já entrou em campo quatro vezes na competição nacional. Na primeira fase, empate sem gols contra o Caxias, no Rio Grande do Sul. Como tinha a vantagem do empate, o Furacão recebeu o Tubarão de Santa Catarina, na segunda rodada do torneio, com uma vitória dramática por 5 a 4, a equipe de Fernando Diniz avançou para a terceira fase. Nos últimos dois jogos, contra o Ceará, novos empates,  0 a 0 na Arena e 1 a 1 em Fortaleza. Brilhou a estrela de Santos, que nas penalidades levou o rubro negro a quarta rodada da Copa do Brasil, o adversário desta fase é o São Paulo.

Nikão convoca a torcida

Desde a última partida na Arena da Baixada, diretoria e torcida organizada entraram em acordo para a volta da bateria e faixas, retornando assim a festa no estádio atleticano. O meia Nikão, em entrevista ao site oficial do clube, conta com o apoio e grande festa da torcida.

“Todos sabem da força da Arena. Nós jogadores sentimos quando o torcedor está nos apoiando. Essa atmosfera bonita é importante. Contamos com o apoio de todos para fazer uma grande festa. Em campo, vamos nos dedicar para conquistar essa vitória. Tivemos uma carga grande de treinos que foi muito proveitosa para todos nós jogadores. Estamos empolgados para jogar. Vamos entrar em uma sequência boa de jogos. Apesar de poucos jogos, a equipe tem mostrado um bom futebol dentro da nossa proposta. Estamos assimilando bem o que o Fernando Diniz nos pede. E com as vitórias, a confiança vem junto. Esperamos fazer um bom jogo diante de uma grande equipe, para termos vantagem nesta primeira parte do duelo. É um jogo sempre bom de jogar. Vencer e ajudar com um passe é ainda melhor. Mas não podemos ter euforia. O São Paulo é um time qualificado, mas em casa somos sempre fortes. Estamos preparados para impor nosso ritmo”, disse Nikão.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X SÃO PAULO

Atlético-PR: Santos; Pavez, Wanderson (Paulo André) e Thiago Heleno; Jonathan, Matheus Rossetto, Raphael Veiga e Thiago Carleto; Guilherme, Nikão e Bergson
Técnico: Fernando Diniz

São Paulo: Sidão, Rodrigo Caio, Bruno Alves e Arboleda; Éder Militão, Jucilei, Liziero e Reinaldo; Cueva, Nenê e Tréllez.
Técnico: Diego Aguirre

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/Horário: 03/04/2018 às 21h45
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (CBF-SE)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (CBF-SE) e Ailton Farias da Silva (CBF-SE)

Foto: Miguel Locatelli/ Atlético Paranaense

Siga em:
Coritiba confirma me
Tricolor tem chegada

Formado em jornalismo pela Uninter em 2014, com especialização em assessoria e gestão da Comunicação pela Positivo em 2016, repórter do Redação em Campo desde 2017, setorista do Atlético-PR e C.E União.

Classifique este artigo