16 de December de 2017 6:56:04

Após participação na Segundona, Marcão seguirá no Apucarana Sports

Apucarana Sports

O Apucarana Sports entrou em campo no Domingo de Páscoa em busca de um verdadeiro milagre. Somente se vencesse seu jogo e Andraus e Portuguesa fossem derrotados é que o Dragão do Norte se livraria do rebaixamento. Não aconteceu nem uma, nem outra, o Apucarana foi derrotado fora de casa pelo CE União pelo placar de 2 a 1 e ficou fora da segunda fase da Segundona Paranaense e ainda foi rebaixado à Terceirona em 2018.

Em um primeiro tempo que o domínio foi inteiramente do time da casa, que pecava nas conclusões da jogada, o jogo foi para o intervalo sem gols para ambos os lados. O Apucarana Sports só conseguiu impor seus contra-ataques em velocidade no segundo tempo. Após sair atrás no placar, o Dragão do Norte fez seu gol com o atacante Paulo Henrique, que aproveitou rebote dado pelo União.  O time do técnico Marcão não conseguiu segurar o empate ou buscar a virada, e o gol que não poderia acontecer saiu dos pés de Leandrinho, que em chute de fora da área decretou a vitória do time mandante.

Em conversa com o Redação em Campo o técnico Marcos Vinicius, o Marcão, falou sobre o restante da temporada do time da Cidade Alta. “Vamos investir no Sub-19, fazer uma equipe forte e competitiva, mesmo porque a base do time profissional era na maioria formada por jogadores até 19 anos”. Perguntado sobre o futuro no clube, Marcão disse que ficará a frente do time. “Como treinador não sei, mas vou ajudar, pois também sou diretor no clube, e como trabalhei com os jogadores do profissional e muitos deles têm idade para o sub-19 vou estar próximo deles”, garantiu.

Com apenas uma vitória em nove jogos, o Apucarana Sports terminou a Segunda Divisão na última colocação. No decorrer da competição o time marcou apenas cinco gols e sofreu 21, tendo assim o pior ataque e a defesa mais vazada do torneio.

 

Foto: Site oficial Apucarana Sports

.

Siga em:
Líder indiscutível
Operário prepara co

<p>Jornalista, aficionado por esportes, encontrei na profissão um meio de estar mais próximo deste universo.</p>

Classifique este artigo