Após empate, Maringá FC segue vivo em busca da semifinal

Jogando fora de casa contra o Prudentópolis, o Maringá FC somou mais um ponto após o empate de 0 a 0. A equipe continua na briga por uma vaga na semifinal do Campeonato Paranaense. O lateral-direito Danilo Mohamed e o artilheiro do Estadual com três gols, Bruno Batata, lamentaram as poucas chances de gol criadas pelo time, porém exaltaram a importância de pontuar fora de casa.

Já para o técnico do Maringá FC, Fernando Marchiori, o time se comportou muito bem no primeiro tempo. Já devido ao forte calor, não repetiu o mesmo desempenho no segundo, tornando o resultado justo para ambas as equipes. Para ele, o ponto conquistado foi importante para a sequência no campeonato, que tem como objetivo maior, a permanência do time na elite. E ressaltou: “Temos dois jogos dentro de casa, precisamos vencer e contamos com o apoio do nosso torcedor para conquistar o nosso objetivo e, quem sabe, sonhar com algo a mais dentro da competição. ”

Victor Cavalo, autor do único gol do jogo-treino. Foto: Rodrigo Araújo/Maringá FC Oficial.

Na tarde de terça-feira (6), o MFC realizou um jogo-treino contra o REC de Rolândia. A partida serviu para dar ritmo aos jogadores que não vem atuando no campeonato. O resultado foi de 1 a 0 para o Maringá, com gol de Victor Cavalo, atacante de 17 anos.

“Como temos muitos jogadores voltando de lesão, esses jogos são importantes para darmos ritmo de jogo e também ver outros jogadores que não estão tendo muitas oportunidades atuarem. Foi um bom teste, mas agora voltamos 100% ao Rio Branco, que tem uma excelente equipe”, avaliou o técnico Marchiori.

Próximo duelo

Quinto colocado no Grupo A da Taça Dionísio Filho, o Maringá Futebol Clube volta a campo no sábado (10). O time enfrenta o Rio Branco de Paranaguá, no Estádio Regional Willie Davids, ás 16h30. Os ingressos já estão disponíveis, nos valores de R$ 50,00 inteira e R$ 25,00 meia, para arquibancada coberta e R$ 24,00 inteira e R$ 12,00 meia, para arquibancada descoberta. Crianças com até seis anos de idade, não pagam. Sete até 12, pagam o valor da meia entrada. Idosos de 60 anos até 65, pagam meia e de 65 anos para cima, não pagam.

Fotos: Rodrigo Araújo/Maringá FC Oficial.

Siga em:
Tecnologia auxilia c
CBF divulga confront

Maringaense, estudante de jornalismo. Apaixonado por futebol e esportes americanos. Além de escrever, faço locução para rádio. Vencedor não é aquele que vence, mas sim aquele que nunca para de lutar.

Classifique este artigo