Apesar das saídas, Ivair confia no elenco do Azulão

Na tarde de ontem, o Clube Esportivo União anunciou as saídas de duas peças importantes no elenco. Wellington Monteiro capitão da equipe o artilheiro Tiago Maringá. Os dois são referências da recente história do Azulão, presentes desde a estruturação da equipe.

Monteiro foi o responsável por erguer duas taças. A do título da Terceirona em 2016 e a do vice-campeonato da Divisão de Acesso no ano passado. Já Tiago Maringá é o jogador que mais balançou as redes em favor da equipe beltronense. Com 18 gols, considerado pelo próprio clube como herói do título de 2016. O Redação em Campo conversou com Ivair Cenci, técnico e diretor da equipe.

A explicação

Questionado se a equipe sentiria a saída dos atletas o comandante se mostrou confiante na continuidade do projeto do clube. “Não não, [a equipe] não vai sentir nada não. O Monteiro pediu para sair, é direito dele, ele tem outros projetos na vida dele. O Tiago Maringá foi uma decisão interna entre diretoria e a comissão técnica. A vida segue, o grupo está unido em busca do objetivo. São coisas do futebol mas o União segue em sua trajetória”, explicou Ivair.

Em Francisco Beltrão é especulado que Wellington Monteiro esteja acertando um retorno ao futebol gaúcho, na equipe da Lajeadense. O próximo jogo do Azulão no estadual será contra o FC Cascavel no domingo (04) no Anilado. Esta partida é importante para a sequencia da equipe no campeonato. O CE União vem de duas derrotas na competição e precisa voltar a vencer.

Foto: Clube Esportivo União Oficial.

Siga em:
Cianorte apresenta m
Furacão enfrenta ti

Formado em jornalismo pela Uninter em 2014, com especialização em assessoria e gestão da Comunicação pela Positivo em 2016, repórter do Redação em Campo desde 2017, setorista do Atlético-PR e C.E União.

Classifique este artigo