Apesar da eliminação, Tiago Nunes e Deivid valorizam campanha na Taça Dionísio Filho

Na noite de ontem (18), Atlético-PR foi eliminado nas semifinais da Taça Dionísio Filho pelo Rio Branco de Paranaguá. O Furacão chegou na fase final do primeiro turno do Paranaense com a melhor campanha na competição. Durante os 90 minutos o rubro negro pressionou e atacou o Leão da Estradinha, mas parou na boa atuação do goleiro Jhones. O empate sem gols levou a decisão do finalista para as penalidades.

Nos penais Santos e o goleiro do Rio Branco defenderam uma cobrança cada. Nas alternadas, Victor Naum chutou na trave e Marco Tulio sacramentou a classificação da equipe do litoral. Apesar de não jogarem a final deste primeiro turno, em entrevista coletiva após a partida, o capitão Deivid e o treinador Tiago Nunes valorizaram a campanha dos Aspirantes.

Campanha na Taça Dionísio Filho

Foram sete jogos na Taça Dionísio Filho. Na primeira fase, com quatro vitórias e dois empates, sete gols marcados e apenas um sofrido o Furacão conquistou o melhor aproveitamento entre as doze equipes que disputam o estadual neste ano. Na semifinal novo empate sem gols e a eliminação nos pênaltis.

Tiago Nunes, técnico atleticano, em entrevista coletiva saiu em defesa de seus comandados e da boa caminha neste inicio de ano. “Fiz questão de elevar a moral deles. Temos que lembrar que fizemos a melhor campanha entre todas as equipes. Temos que lembrar que estamos invictos, não perdemos, e que sofremos só um gol. Sabemos que desenvolvemos um bom trabalho. Se eu falar que faltou qualidade, não estou sendo leal aos meus atletas. Faltou talvez um pouco de frieza, realmente, para colocar a bola para dentro. Mérito também do goleiro adversário, que conseguiu fazer boas defesas”, analisou o treinador.

O capitão

Entre os atletas do elenco de Aspirantes, Deivid se destaca por ser o que mais vestiu a camisa do Atlético-PR. Com a missão de passar sua experiência aos mais jovens, o volante , que carregou a braçadeira de capitão nesta Taça Dionísio Filho, também ressaltou a trajetória do rubro negro na competição. “Qualquer pessoa em sã consciência, vendo tudo que foi feito, vai ver que estamos no caminho. Não conseguimos chegar na final, mas tem toda a segunda fase pela frente. O time está invicto, sofreu apenas um gol e vamos em busca do objetivo. É difícil. Até pela campanha que fizemos e pela partida de hoje também. Foi uma partida de um time só, que se dedicou e lutou até o fim. Futebol tem essas coisas”, frisou Deivid.

Para brigar pelo título de campeão paranaense, Deivid e o restante do elenco atleticano, precisará vencer o 2º turno do estadual. O Furacão voltará em campo para disputar a Taça Caio Júnior no primeiro sábado de março, o adversário será o CE União. Na próxima fase, em cinco jogos, os times enfrentarão as outras equipes de seu grupo. Os dois melhores se classificam enfrentando os dois primeiros da outra chave.

Foto: Miguel Locatelli/ Atlético-PR.

Siga em:
Para Ricardinho, o L
O dia em que Brandã

Jornalista, aficionado por esportes, encontrei na profissão um meio de estar mais próximo deste universo.

Classifique este artigo